PT marca posse de Jackson para dia 23, mas pode alterar data se Gleisi Hoffman confirmar presença

Termina no dia 22 próximo o mandato do presidente estadual do PT, Charliton Machado. No dia seguinte, véspera de São João, deve acontecer a posse do novo presidente, Jackson Macedo. Ambos são da tendência Construindo um Novo Brasil, que é a mesma dos ex-presidente Lula e Dilma Rousseff.

A transição já começou e a programação será definida nessas próximas duas semanas. Charliton diz que a data da posse de Jackson Macedo pode ser alterada, caso haja mudanças na agenda da nova presidente nacional do Partido dos Trabalhadores, senador Gleisi Hoffman. Ela deve se fazer presente na posse de Macedo.

Charliton garantiu que não há como acontecer uma reviravolta no resultado do congresso estadual que eleger Jackson. O deputado estadual Anísio Maia, que concorreu na disputa pela presidência, espera uma sentença judicial que afaste o eleito. Seu principal argumento é de que a comissão organizadora das eleições internas do PT indeferiu inscrições de delegados que votariam na sua chapa, o que teria alterado o resultado da disputa.

A direção estadual do PT diz que não agenda prevista para a particpação de Lula ou Dilma na solenidade de posse de Jackson Macedo.

Gleisi Hoffman e o seu marido, o ex-ministro Paulo Bernardo, são investigados pela operação Lava Jato.