Receitas próprias e transferências do Estado crescem 8,41% e ficam acima da inflação

As receitas próprias do Estado fecharam em alta no acumulado de janeiro a maio. Esse é um levantamento feito pelo Sindifisco e divulgado neste sábado (24). Os números superaram mais de R$ 2,285 bi, contra 2,108 bilhões de reais arrecadados no mesmo período de 2016, o que garantiu um incremento de R$ 177 milhões, ou seja, crescimento de 8,41%.

Já o desempenho das transferências constitucionais, nos cinco primeiros meses deste ano, ficou em R$ 1,894 bi, incremento superior a 128 milhões, comparado com o mesmo período do ano passado, que foi de R$ 1,765 bi. Em percentuais, acréscimo de 7,29.

Somadas as duas fontes de recursos, o Estado da Paraíba dispôs em caixa o equivalente a R$ 4,180 bi, enquanto que a soma do mesmo período de 2016 ficou somente em R$ 3,874 bi. Isto significa que em 2017 entraram nos cofres do Governo Estadual quase 306 milhões a mais do que no ano passado (7,90%).

Os índices de crescimento dos recursos superaram a inflação acumulada que foi de 1,42%.