Ricardo participa das homenagens a Eduardo Campos





O governador Ricardo Coutinho participou, ao lado da primeira dama Pâmela Bório, das últimas homenagens ao ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos, que foi vítima de trágico acidente aéreo na última quarta-feira (13), em Santos, São Paulo. A missa campal por Eduardo Campos, pelo jornalista Carlos Percol e pelo fotógrafo Alexandre Severo aconteceu no Palácio das Princesas, em Recife. O arcebispo da Paraíba, Dom Aldo Pagotto, participou da missa campal, que teve início por volta das 10h20 e foi celebrada pelo arcebispo de Recife e Olinda, Dom Fernando Saburido,

Ricardo Coutinho lamentou a morte precoce de Eduardo Campos e ressaltou seu brilhantismo, jovialidade e esperança de futuro e de renovação que ele representava. "Eduardo foi um político diferente. Era acima de tudo um amigo de verdade, nas horas boas e as ruins. Tinha uma áurea diferente. Pra nós é um momento de profunda tristeza", lamentou o governador.

A primeira dama Pâmela Bório também lamentou a morte precoce de Eduardo Campos e ressaltou as qualidades do ex-governador. "Eduardo Campos era um grande homem, é um momento de muita tristeza", lamentou.

Ricardo Coutinho e Pâmela Bório também participaram do sepultamento de Eduardo Campos, que ocorreu por volta das 18h30 no cemitério de Santo Amaro. O Governo de Pernambuco informou que 130 mil pessoas acompanharam o velório de Eduardo Campos durante todo o dia.

Autoridades prestaram homenagens

Estiveram presentes nas homenagens ao ex-governador de Pernambuco, a presidente Dilma Rousseff; o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva; o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin; a ex-senadora Marina Silva; a deputada Luiza Erundina; o ministro-chefe da Casa Civil, Aloízio Mercadante; o ministro da Secretaria de Comunicação Social da Presidência, Thomas Traumann; o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad; os governadores Rosalba Ciarlini (Rio Grande do Norte); Jaques Wagner (Bahia); Renato Casagrande (Espírito Santo); Teotônio Villela Filho, (Alagoas); Agnelo Queiroz (Distrito Federal); deputado Roberto Freire; ex-governador de São Paulo, José Serra, além de deputados, vereadores e lideranças políticas de várias regiões do país.