Semam dá continuidade ao plantio de árvores nativas  

Mudas de ipês, oitizeiros, pau jangada, pau formiga e outras espécies de árvores nativas da Mata Atlântica serão plantadas na cidade pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), de terça, 25, a sexta-feira, 28. O plantio será feito por equipes da Secretaria de Meio Ambiente (Semam), dentro do projeto “João Pessoa Cidade Jardim”.

As mudas serão plantadas na Avenida Hilton Souto Maior, na área do Rio Cabelo, perto da antiga Estrada da Penha, e ainda no canteiro central do Distrito Industrial de Mangabeira. Serão plantadas trezentas mudas de árvores nativas, com alturas entre um metro e meio a dois metros. Segundo o engenheiro agrônomo Anderson Fontes, diretor da Divisão de Arborização e Reflorestamento (Divar) da Semam, “as árvores deverão, em três anos, atingir de cinco a sete metros, proporcionando sombreamento e contribuindo para diminuir a temperatura das áreas”.

Para a secretária de Meio Ambiente, Daniella Bandeira, “o plantio desta semana dá continuidade às ações pelo aniversário dos 430 anos de João Pessoa, mas essa ação continuará por outros meses. As mudas dessas árvores foram produzidas pelo Viveiro Municipal de Plantas Nativas, mantido pela PMJP, reforçando nosso compromisso com uma cidade verde e que ofereça qualidade de vida para todos os seus habitantes”, concluiu.

João Pessoa Cidade Jardim - Até o final de 2015, a cidade terá replantadas  6,2 mil novas mudas de árvores nativas da Mata Atlântica, nesta segunda etapa do projeto ‘João Pessoa Cidade Jardim’, que prevê o plantio de mudas de várias espécies em diferentes pontos da cidade – a começar pelas áreas menos verdes, como Mangabeira e Manaíra.

Todas as 14 regiões do Orçamento Participativo estão nesta cobertura, cada uma recebendo 430 espécies nativas. O projeto surgiu em 2013 a partir de um estudo articulado entre a Semam e Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb). As equipes dessas duas secretarias mapearam as áreas com menor índice de cobertura arbórea para planejar as ações de recomposição necessárias.