TCE e ALPB comemoram Sesquicentenário de Epitácio

O Tribunal de Contas da Paraíba cumpriu, na manhã desta terça-feira (16), mais um capítulo do roteiro conjunto de celebrações pelo Sesquicentenário de Epitácio Pessoa ao abrir as portas do seu Centro Cultural Ariano Suassuna para sessão solene da Assembleia Legislativa.

Na saudação aos representantes dos três Poderes, a integrantes das duas Casas, a membros do Ministério Público Especial e à platéia em bom número atraída ao Auditório Celso Furtado, local das homenagens, o presidente da Corte, conselheiro Arthur Cunha Lima, enalteceu o vulto de Epitácio e destacou dois outros temas momentosos.

Lembrou, no primeiro caso, que Ariano Suassuna, de quem o Centro Cultural do TCE recebeu o nome, estaria completando, nessa data, se vivo fosse, 88 anos de idade. Após isso, também se referiu aos 800 anos de assinatura da Carta Magna Britânica, “a Constituição ancestral das garantias civis”, conforme definiu.

Em sua fala, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Adriano Galdino, ressaltou o papel de Epitácio Pessoa na defesa do princípio federativo, da preservação da Amazônia, dos interesses do Nordeste e, em particular, da Paraíba. Coube ao sobrinho trineto de Epitácio, o procurador do TCE Marcílio Toscano Franca Filho, os agradecimentos em nome da família.

A sessão solene, transmitida ao vivo pela TV Assembleia, foi aberta com o cântico do Hino Nacional pelo Coral do Tribunal de Contas e teve a apresentação do documentário “Epitácio, um paraibano na Presidência da República”, produzido por equipe da emissora.

Compuseram a mesa, além dos presidentes da Assembleia e do TCE, o vice-presidente do Tribunal de Justiça (pelo Judiciário), o secretário de Governo Efraim Morais (pelo governador Ricardo Coutinho), a deputada Camila Toscano (secretária dos trabalhos), o procurador Marcílio Franca (pela família do homenageado), a pesquisadora Ana Isabel de Souza Leão Andrade (pela Academia de Letras e Artes do Nordeste), o sobrinho bisneto de Epitácio Pessoa, advogado Carlos Aquino (pela Academia do Nordeste de Letras Jurídicas) e o prefeito Tota Guedes (pela Federação das Associações dos Municípios da Paraíba).