TCE intermedia reunião em favor do Padre Zé

“Saio daqui muito satisfeito”, comentou o padre Egídio de Carvalho Neto, diretor-presidente do Hospital Padre Zé, ao cabo de reunião, na manhã desta segunda-feira (30), com dirigentes da Assessoria Jurídica da Secretaria de Saúde de João Pessoa, no gabinete do presidente do Tribunal de Contas da Paraíba, conselheiro Arthur Cunha Lima.

A satisfação do padre Egídio decorreu da informação – prestada pela assessora jurídica Luciana Galindo Coutinho e pela diretora de Regulação Maria Hercília Araújo – de que já está em Brasília a aprovação, pela Pasta da Saúde, à regulamentação de novos leitos do Hospital. A providência vai servir à liberação de recursos há algum tempo destinado pelo Ministério da Saúde à instituição que tem caráter filantrópico e sobrevive, em grande parte, de donativos pessoais.

“Só nos resta, então, aplaudir a boa nova”, comemorou o conselheiro Arthur Cunha Lima durante o encontro providenciado pelo vice-presidente do TCE André Carlo Torres Pontes após a visita que fizera ao Hospital Padre Zé, no último dia 19, para a entrega de fraldas geriátricas e sabonetes líquidos arrecadados, quando da Gincana da Solidariedade, entre servidores da Corte.

Levado, na ocasião, a conhecer as instalações e equipamentos do Hospital o vice-presidente André Carlo era informado da indisponibilidade de 60 leitos hospitalares ali já prontos e instalados, em virtude da não regulamentação, junto ao SUS, pela Secretaria de Saúde do Município. Dispôs-se, então, a convidar os representantes municipais e dirigentes hospitalares para a discussão conjunta do pr20151130_101814oblema, no TCE.

Isso ocorreu na manhã desta segunda-feira com as participações, ainda, do conselheiro Nominando Diniz, das duas representantes municipais, do Padre Egídio e, ainda, do superintendente do Hospital Padre Zé, Izonildo Lima Correia. Todos ficaram sabendo, então, que as pendências técnicas atinentes à regulamentação dos leitos já haviam sido solucionadas.

O conselheiro Arthur Cunha Lima lembrou que o Padre Zé é o segundo hospital filantrópico beneficiado por donativos de servidores do Tribunal de Contas, em decorrência da Gincana da Solidariedade, evento nascido das comemorações ao 28 de outubro, Dia do Funcionário Público. O primeiro foi o Hospital de Câncer Napoleão Laureano.