TCE-PB destaca importância do controle interno



Nós não queremos a sanção, ou a punição de qualquer gestor. Estamos pensando no melhor e que possam ser bem orientados para ter uma boa gestão”. Disse o presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro André Carlo Torres Pontes, ao abrir, na manhã desta quinta-feira (23), o I Seminário de Controle Interno na Administração Pública, evento realizado em parceria com o FoccoPB – Fórum de Combate à Corrupção, voltado aos gestores municipais, secretários e assessores, e terá como finalidade estimular a criação de controladorias internas nos municípios e capacitar agentes públicos para essa função.

Para um auditório lotado, no Centro Cultural Ariano Suassuna, sede do TCE, o conselheiro André Carlo Torres falou da importância que representa o Processo de Acompanhamento da Gestão, implantado de forma inédita pelo TCE-PB, no início do ano passado, e que tem sido recepcionado pelos gestores, de forma permanente, por meio dos alertas expedidos pelo Tribunal de Contas durante todo o exercício, quando inconsistências são detectadas. “Essa é uma ferramenta importante para subsidiar o controle interno do município, que poderá, junto ao gestor, solucionar o problema e evitar um futuro processo”, observou o conselheiro.

André Carlo revelou aos presentes que na Paraíba, 40% dos municípios já contam com estruturas de Controle Interno, percentual que foi levantado no diagnóstico realizado pelo TCE e que já demonstra a preocupação de muitos prefeitos em melhorar a gestão pública. Enfatizou ainda que a transparência na administração deve ser permanente, sendo assim um dos pontos essenciais para a melhoria da gestão pública. “Quem administra com o Controle Interno estará caminhando para a excelência”, frisou ele.

EFN_0001.JPG

 






Presidente TCE.JPG