“Terreno da Prefeitura viabiliza Trevo”, afirma secretário da Capital 

O secretário de Planejamento da Prefeitura de João Pessoa, Zennedy Bezerra, informou na tarde desta terça-feira (31/08), que a realização de grandes obras na Capital já é uma realidade. “A exemplo do que tem sido feito pelo Governo do Estado, a Prefeitura também vem realizando grandes ações em toda a cidade. A maior obra pública em execução na Capital é o residencial Vista Alegre, que, sozinho, corresponde a R$ 130 milhões em investimentos”, disse.

De acordo com Zennedy, a entrega do Trevo das Mangabeiras vai se somar ao conjunto de obras de mobilidade já iniciadas ou entregues pela Prefeitura, como a duplicação da Avenida Panorâmica, o Alargamento da Epitácio Pessoa, a implantação de sete novos binários e interligações, além da faixa exclusiva de ônibus, a nova Beira-Rio e o Viaduto Geraldo Mariz. “A João Pessoa do futuro está sendo construída hoje, em um tempo de presentes para a cidade, com duas inaugurações por semana. O ritmo de entregas, que tem sido intenso, vai permanecer assim até dezembro deste ano. Não se trata de ações pontuais, mas do maior conjunto de obras e da história recente da capital”, disse.

O secretário disse ainda que o terreno da Prefeitura viabilizou a permuta do terreno para construção do Trevo entregue na noite desta segunda-feira, 31, pelo Governo do Estado. “Foi o prefeito Luciano Cartaxo quem solicitou audiência com o governador para que a obra fosse viabilizada. É assim que deve ocorrer em um novo padrão da política, com diálogo e entendimento, e não com descortesias”, afirmou.

Bezerra também comentou que o convite para a inauguração, em nome do prefeito, só chegou depois que a imprensa tomou conhecimento. “Esse é um assunto menor, que não cabe na pauta do povo. Mas o fato é que o convite só chegou poucas horas antes do evento, depois das entrevistas do prefeito durante a inauguração de um conjunto de intervenções históricas no bairro do Timbó. O importante é que a cidade continue a ganhar com intervenções desta natureza, com obras em todas as áreas, seja com ganhos sociais ou de infraestrutura”, explicou.