TRE-PB defere candidatura de Leila Fonseca ao senado

O pleno do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba acatou o recurso e deferiu o registro da chapa majoritária do Partido Republicano da Ordem Social (Pros), que tem a professora Leila de Cássia Tavares da Fonseca como candidata ao Senado Federal. Para deferir a candidatura de Leila, o Pleno do TRE-PB acatou a substituição do primeiro suplente, o advogado Helderley Florêncio Vieira, pela policial militar Lindinalva Farias da Silva.

Por conta de problemas nos documentos de Helder Vieira, a candidatura de Leila Fonseca tinha sido indeferida pelo Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba. Ele ainda recorreu da decisão anterior, mas o indeferimento foi mantido.

Para solucionar o impasse, o Pros fez a substituição na semana passada. Com o julgamento desta segunda, Leila teve o registro deferido por unanimidade.

O parecer do Ministério Público Eleitoral foi pelo deferimento da substituição e do registro das candidaturas de senador, primeiro e segundo suplentes. O relator da matéria foi o desembargador João Alves, que seguiu o voto do procurador Rodolfo Alves.