TSE autoriza implantação do PJe no TRE-PB

Na última quinta-feira (28), o presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), desembargador João Alves da Silva, recebeu comunicado oficial subscrito pelo secretário-geral da Presidência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), juiz Carlos Vieira Von Adamek, informando haver sido autorizada a implantação do Sistema Processo Judicial Eletrônico para o TRE-PB.

O desembargador João Alves falou sobre as providências adotadas: “A previsão apontada pelo TSE é de que até 30 de maio estejamos funcionando com o PJe. Para tanto, estamos contatando a assessoria do PJe do TSE com o intuito de iniciarmos os trabalhos de implantação”, disse o presidente do TRE-PB.

O TRE-PB recebeu um equipamento de "storage", de fabricação da empresa EMC, referência mundial na área de armazenamento de dados, que ampliará em sete vezes a capacidade de armazenamento de dados da Justiça Eleitoral Paraibana, de 20 para 142 Terabytes. O Tribunal recebeu quatro racks EMC Clarion CX4-960, dos quais dois serão instalados na sede do TRE-PB e os outros serão destinados ao Fórum Eleitoral da Capital, onde se encontra o site backup do TRE.

“Estes equipamentos são imprescindíveis à implantação do PJe, há muito perseguida por este Tribunal", afirmou o desembargador João Alves.