Unipê e Ministério Público promovem capacitação



O Programa de Proteção e Defesa do Consumidor do Ministério Público da Paraíba – MP-Procon, em parceria com o Centro Universitário de João Pessoa – Unipê, promove, nesta quinta-feira (16), a partir das 9h, um workshop sobre medicamentos falsificados. O evento acontece no Auditório Procurador de Justiça Edgardo Ferreira Soares, no edifício-sede do MPPB, em João Pessoa.

Com o apoio do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional - Ceaf do MPPB, da Escola Estadual do Consumidor da Paraíba e da Associação da Indústria Farmacêutica de Pesquisa – Interfarma, o minicurso tem por intuito capacitar profissionais que atuam em órgãos de fiscalização e combate ao problema, como agentes da Vigilância Sanitária, fiscais dos Procons estadual e municipais, profissionais dos conselhos regionais da área da Saúde e policiais civis, militares e federais.

Para o promotor de defesa do consumidor e diretor geral do MP-Procon, Glauberto Bezerra, a atividade é um dos instrumentos de prevenção de acidentes de consumo. “Medicamento falsificado conduz à morte. Nós estamos querendo prevenir óbitos e lesões corporais. O principal é exatamente chamar a atenção da sociedade para a questão da falsificação de produtos, que muitas vezes ela é violada na sua integridade física e não sabe”, esclareceu o promotor. “Como existe um índice muito alto, 30% dos medicamentos que são comercializados no Brasil são falsificados, você pode consumir e não sabe que é um medicamento falsificado”, complementou. O espaço faz parte do projeto Dignidade da Pessoa Humana: Prevenção de Acidentes de Consumo, do MPPB.

MPPB planeja mais dois eventos

O workshop sobre medicamentos falsificados faz parte do Programa de Prevenção a Acidentes de Consumo, que vem sendo desenvolvido pelo MP-Procon, em todo o estado e com apoio do Unipê. Segundo a direção do órgão, outros dois eventos serão realizados ainda este ano com foco no mesmo assunto. Um está previsto para a primeira semana de setembro. O outro evento é o 4° Congresso Internacional de Direito do Consumidor, previsto para outubro, e será realizado no Unipê.