Vereador denuncia péssimo atendimento da Unimed

O vereador Marmuthe Cavalcanti (PSD), esteve na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) nesta quinta-feira (11) para denunciar o péssimo e demorado atendimento prestado pelo Hospital da Unimed, maior unidade da rede privada de saúde na capital paraibana. A reclamação do parlamentar é mais uma entre as diversas recebidas pelo Procon Municipal sobre a Unimed, devido às práticas abusivas e desrespeitosas aos usuários, que pagam caro para utilizar os serviços do Hospital.

“Mesmo de atestado, fui à Câmara hoje para trabalhar e registrar minha indignação contra o péssimo e demorado atendimento no Hospital da Unimed. Fiz isso por mim e por todas as pessoas que se sacrificam para pagar um plano de saúde, que é caríssimo – diga-se de passagem – na esperança de receber um atendimento médico melhor e mais rápido, mas que na verdade se deparam com elevado grau de sofrimento e constrangimento”, revelou Marmuthe.

O parlamentar relatou que esteve no mencionado Hospital em busca atendimento, nesta quarta-feira (10), pois sentiu febre de 39 graus e diarreia. “Cheguei antes 18h e saí somente após as 22h. Um atendimento que era pra ser concluído em duas horas levou mais de quatro! E isso tudo apenas para receber o diagnóstico de 'suspeita de virose'. O Hospital estava superlotado e havia gente desmaiando pelos corredores. Um clima de revolta preocupante... Além da demora, não fui bem atendido pelo médico, que já demonstrava cansaço e nervosismo, acarretado pelo excessivo número de pacientes para atender. E para completar, ainda fui penalizado no pagamento do estacionamento, pois tive que pagar pelas horas excedentes causadas pela incompetência e atendimento demorado da própria Unimed. Um completo absurdo!” – afirmou.

Marmuthe disse ainda que os graves problemas envolvendo a má qualidade do atendimento, as práticas abusivas e o desrespeito aos pacientes, praticados pelo Hospital da Unimed/João Pessoa, são de conhecimento público e das autoridades responsáveis pelo setor da Saúde. “Esta situação precária da Unimed não é mais novidade para ninguém, mas não pode ficar assim! Já acionei minha assessoria jurídica para tomar as medidas cabíveis junto aos órgãos de fiscalização e proteção do consumidor. Inclusive, já estamos trabalhando para apresentar na CMJP um Projeto de Lei com o intuito de coibir estes abusos”, finalizou o vereador.