Virgolino quer MPPB fiscalizando seleção da Cruz Vermelha

O deputado estadual Wallber Virgolino (Patriota) encaminhou solicitações ao Ministério Público e ao Ministério Público do Trabalho para acompanharem e fiscalizarem o processo seletivo que será realizado pela Cruz Vermelha para preencher cargos no Hospital de Emergência de Trauma Senador Humberto Lucena. Os documentos foram entregues ao Procurador-geral de Justiça da Paraíba, Francisco Seráphico Ferraz da Nóbrega Filho e ao Procurador-Chefe do MPT-PB, Carlos Eduardo de Azevedo Lima.




“É preciso que se garantam os princípios de igualdade, impessoalidade, moralidade, legalidade e eficiência neste processo seletivo. Essa convocação não deve servir de cabide de empregos para os ‘amigos do rei’”, explicou o parlamentar.




O deputado relembrou ainda as graves denuncias e ilegalidades cometidas pela Cruz Vermelha em contratos de gestão firmados com o Governo da Paraíba, através da Secretaria de Saúde.




“Não podemos mais admitir posturas escusas no âmbito da administração pública estadual, principalmente quando se trata de serviço de saúde pública”, disse Virgolino, acrescentando que vai adotar a mesma postura com o processo seletivo da Fundac.