Vítima da Covid, morre prefeito de Ingá



O prefeito de Ingá, Manoel da Lenha, faleceu na manhã esta quinta-feira (16). O gestor, de 64 anos, que testou positivo para covid-19 no dia 05 de julho, estava internado na UTI do hospital Santa Clara, em Campina Grande.

De acordo com nota divulgada pela prefeitura municipal, o prefeito seguia a dias internado na UTI e o vice-prefeito tomou posse neste domingo (15). A decisão gerou polêmica, pois não houve discussão no pleno da Câmara de Vereadores, apenas uma medida da mesa diretora da Casa.



Com o prefeito de Ingá Manoel Batista Chaves Filho (PSD),  internado em estado grave para tratamento da Covid-19 em Campina Grande há mais de três semanas, o vice-prefeito Robério Burity (PDT), com quem é rompido politicamente, deu entrada nesta segunda-feira (13) com um requerimento na Câmara Municipal para pedir informações oficiais sobre o estado de saúde do prefeito e assumir a gestão do município enquanto o titular permanecer afastado.



Robério confirmou a informação e disse que o pedido foi uma mera formalidade, apenas em respeito ao Poder Legislativo Municipal, já que, de acordo com a legislação, a transmissão do cargo se torna automática. Houve confusão na cidade. Aliados do prefeito não queriam a posse de Robério. A PM foi chamada para conter princípios de tumulto.








A Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup) lamentou, nesta quinta-feira (16), a morte do prefeito de Ingá, Manoel Batista Chaves Filho. “Lamentamos a morte desse grande gestor que esteve sempre conosco nas lutas municipalistas e que trabalhou pelo bem do seu povo. Deixamos aos familiares, amigos e a toda população de Ingá os nossos mais profundos votos de pesar. É muito triste termos que nos despedir dessa forma tão brusca por conta desse inimigo invisível. Que fique aqui o registro que já faço há muito tempo, de que daqui para o dia da eleição essas perdas devem se repetir. Por isso, é um absurdo fazer uma campanha eleitoral em meio a uma pandemia que está matando milhares de pessoas”, destacou George Coelho, presidente da Famup.

Manoel da Lenha foi eleito em 2012 e reeleito em 2016 pelo PSD com 54,95% dos votos válidos em uma coligação formada pelo PRB, PP, PRP, PR, PSB, PSDC, DEM, PHS, REDE, PSC e PT do B. A população de Ingá em 2018 foi estimada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 18.101 habitantes, distribuídos em 288 km² de área.