ALPB aprova micro-regiões de água e saneamento

Numa sessão remota tumultuada, a Assembleia Legislativa aprovou um projeto de autoria do governador João Azevêdo que cria micro-regiões para saneamento e água. A oposição não queria votar o projeto, que chegou com pedido de "urgência urgentíssima", e a situação queria a aprovação rápida, alegando que o governo tinha que cumprir prazos dentro do Marco Legal do Saneamento.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Adriano Galdino (PSB), comandou a sessão e foi fundamental na aprovação do projeto de lei anunciado ontem pelo governador.

O Marco Legal do Saneamento, já em vigor desde julho de 2020, estabelece que essas micro-regiões deveriam ocorrer até o dia 15 de julho próximo. O que está pegando é em relação à divisão das macrorregiões, ou seja, quais municípios vão sediar.

O Governo justifica alegando que somente com a aprovação desse projeto é possível garantir que a Cagepa continue como estatal. João Azevêdo, em vídeo, garantiu que sob hipótese alguma a Cagepa será privatizada.

 

https://youtu.be/0EdNczFII9A