Ameaça ao ecossistema marinho, Peixe-leão é capturado no litoral da Paraíba
3 de abril de 2023
Redação

Pescadores capturaram no litoral da Paraíba espécies de Peixe-leão. Eles representam ameaça para o ecossistema marinho e estão se espalhando por toda Costa brasileira. Dois casos foram notificados na orla paraibana. Um em Jacumã, no Conde; e outro em João Pessoa.
No programa Correio Debate, da TV CORREIO, uma bióloga conversou ao vivo com o repórter Oscar Xavier e explicou os perigos que essa espécie representa.
Assista o vídeo abaixo
O Peixe-leão (Pterois volitans) é uma espécie invasora que representa uma ameaça para os ecossistemas marinhos, especialmente no Atlântico Ocidental e no Caribe, onde não é uma espécie nativa.

Algumas das ameaças que o Peixe-leão pode causar incluem:
Competição por alimento: O Peixe-leão é um predador voraz que pode consumir uma grande quantidade de peixes nativos, o que pode levar à redução de sua população e, consequentemente, afetar a cadeia alimentar.
Predação: O Peixe-leão tem poucos predadores naturais em sua área invadida, o que permite que sua população cresça rapidamente sem controle.
Destruição de recifes: O Peixe-leão também pode danificar os recifes de coral, pois ele se alimenta de pequenos crustáceos e peixes que vivem nas colônias de coral, e pode causar erosão do substrato de coral.
Risco à saúde humana: O Peixe-leão possui espinhos venenosos em suas nadadeiras dorsais e laterais, que podem causar dor intensa, inchaço e até mesmo infecções graves em humanos que entram em contato com eles.
Para evitar as ameaças do Peixe-leão, é importante que medidas de controle e manejo sejam tomadas, como a pesca ecológica, a criação de áreas protegidas e a conscientização pública sobre os riscos da espécie invasora.

Compartilhe: