Antecipação de perdas de 2022 não resolve problema, diz João
14 de setembro de 2023
Redação

Após carta dos governadores do Nordeste cobrando a Lula solução para a queda do FPE. O governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB), disse que a antecipação de R$ 500 milhões feita pelo Governo Federal não resolve a situação de crise nos municípios. A entrevista de João foi durante a solenidade parceria entre o Governo do Estado e o Grupo Holanda, para construção de mais um resort no Pólo Turístico do Cabo Branco.

A Paraíba teve uma perda financeira em 2022, no valor de R$ 580 milhões. O que provocou um grave problema financeiros nos cofres públicos. O Consórcio do Nordeste formado por nove estados, emitiu uma nota informado perdas de receita na ordem de R$ 700 milhões em apenas dois meses com a queda do FPE.

Diante da crise, governadores que integram o Consórcio Nordeste cobram uma resposta da União para equilibrarem as contas nos estados e municípios. Assista a reportagem do programa Correio Debate, na TV CORREIO abaixo.

Compartilhe: