Azevêdo participa do ODE em Pedras de Fogo

O governador João Azevêdo abriu, na noite desta quinta-feira (27), em Pedras de Fogo (12ª Região), mais uma plenária do Orçamento Democrático Estadual (ODE) — esta é a primeira vez que o município recebe a plenária do ODE, que teve a participação de 10.023 pessoas, as quais elegeram Educação, Cultura e Mobilidade Urbana como as prioridades regionais de 2023.

Na ocasião, o chefe do Executivo estadual anunciou novas ações para os municípios que compõem a 12ª Região e fez a entrega de notebooks para professores e de equipamentos de segurança para as forças policiais da região, além de assinar contratos do Programa Empreender, que ultrapassam os R$ 800 mil, com 108 beneficiados, e entregar obras de mobilidade urbana, com investimentos que ultrapassam os R$ 3,2 milhões.

Ao abrir a plenária, ao lado do vice-governador Lucas Ribeiro, o gestor paraibano destacou a importância do Orçamento Democrático Estadual na transformação dos municípios do Vale do Paraíba.

"O Vale do Paraíba é a região que realiza as maiores plenárias do Orçamento Democrático. Aqui em Pedras de Fogo a população participa desse processo, que cada vez mais se credencia como um instrumento de credibilidade. Com isso, o Estado consegue apresentar ações, obras que beneficiam a população de maneira rápida e eficiente, fruto da capacidade de diálogo que esse Governo tem", continuou João Azevêdo.

O secretário executivo do ODE, Júnior Caroé, ressaltou a forte participação da população do Vale do Paraíba nas plenárias,explicando que a plenária de hoje contempla os municípios de Itabaiana, Salgado de São Félix, Pilar, São Miguel de Taipu e Juripiranga, além de Pedras de Fogo. Já a plenária de Ingá contemplará os demais municípios da 12ª Região.

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Adriano Galdino, externou satisfação pela oportunidade de escolha que o Orçamento Democrático oferece à população.

A plenária do ODE de Pedras de Fogo foi prestigiada, ainda, pela senadora Daniela Ribeiro e pelos deputados federal Murilo Galdino e estaduais Branco Mendes, João Gonçalves e Silva da Pesca, além de prefeitos e vice-prefeitos do Vale do Paraíba, entre outras lideranças políticas da região.

Os auxiliares da gestão estadual Gilmar Martins (Planejamento), Tibério Limeira (Administração), Deusdete Queiroga (Infraestrutura), Pollyanna Dutra (Desenvolvimento Humano), Rafaela Camaraense (Meio Ambiente e Sustentabilidade), Lídia Moura (Mulher e Diversidade Humana), Roberto Paulino (Secretaria de Governo) e Ronaldo Guerra (Chefia de Gabinete) também estiveram presentes.



Entregas — Ao todo, as ações anunciadas pelo governador João Azevêdo chegam a R$ 5.488.554,38. Entre as ações estão assinatura de ordem de serviço para a manutenção de escolas localizadas nos municípios de Pedras de Fogo, São Miguel de Taipu, Pilar e Salgado de São Félix.

Outra ação importante foi na área de mobilidade urbana, com a entrega simbólica das travessias urbanas de Pilar, Juripiranga e Pedras de Fogo, cujos investimentos ultrapassam os R$ 3,2 milhões.

O governador João Azevêdo entregou, ainda, 57 notebooks para professores de toda a região, além de armamento, coletes balísticos, munições e outros equipamentos para policiais da 1ª Cia., sediada em Alhandra.

Por fim, foram assinados contratos pelo Empreender-PB, num total de R$ 806.315, beneficiando 108 empreendedores.

Prestação de contas — O governador João Azevêdo realizou uma prestação de contas dos investimentos feitos nos municípios que compõem a 12ª Região. Entre 2022 e 2023, foram investidos R$ 233,3 milhões tanto nas prioridades da população desses municípios — Educação, Saúde e Infraestrutura Rural —quanto aquelas de livre iniciativa do Executivo estadual. Quando se tem como referência o período 2019–2023, os investimentos chegam a R$ 389,1 milhões.

Em Educação, a primeira prioridade regional eleita em 2022, foram investidos R$ 42 milhões, dos quais R$ 2,9 milhões foram destinados à reforma da Ecit Otávia Silveira, no município de Mogeiro, além de R$ 1,7 milhão de dez escolas da rede estadual, beneficiando os municípios de Gurinhém (1), Ingá (1), Itabaiana (5), Salgado de São Félix (1), São José dos Ramos (1) e São Miguel de Taipu (1).

Na área da educação, estão sendo investidos ainda R$ 7,3 milhões na reforma da ECI Luiz Gonzaga Burity, em Ingá, e na ECI José Lins do Rêgo, em Pilar.

Também estão sendo investidos R$ 4,8 milhões na construção do novo complexo da ECI Rodrigues de Ataíde, no município de Itatuba. Na educação infantil, estão sendo investidos R$ 14,6 milhões na construção de 14 creches — uma unidade para cada município da região —, beneficiando 1.200 crianças.

Por fim, estão sendo investidos outros R$ 9,7 milhões na rede municipal de ensino — com a construção de quatro escolas, beneficiando os municípios de Caldas Brandão (1), Ingá (1), Pedras de Fogo (1) e Pilar (1).

Os investimentos que os municípios da 12ª Região receberam na Saúde, segunda prioridade eleita, foram da ordem de R$ 20,3 milhões. Desse total, foram destinados R$ 17,2 milhões na rede hospitalar, o que permitiu com que o Hospital Regional de Itabaiana realizasse 70.219 exames laboratoriais e de imagem; 392 cirurgias e 748 partos. A unidade hospitalar recebeu, ainda, R$ 780 mil em equipamentos.

Ainda na área da Saúde, estão sendo investidos R$ 176 mil em qualificação, beneficiando 72 profissionais em saúde da família e 4 residentes em medicina de família. Será investido, ainda, R$ 1 milhão para custeio da rede municipal de Salgado de São Félix para ações na área.

Na agricultura familiar, os investimentos feitos e os que estão em andamento chegam a R$ 7,1 milhões. Entre as ações, está a construção de cisternas em municípios como Ingá, Mogeiro e Salgado de São Félix.

Outros investimentos do Governo do Estado na 12ª Região foram em Habitação (R$ 16,9 milhões); Estradas de rodagem (R$ 57,4 milhões); Abastecimento d'água (R$ 7,1 milhões); Segurança Pública (R$ 58 milhões); Cultura (R$ 2,1 milhões); Desenvolvimento Humano (R$ 19,2 milhões); e Empreender (R$ 747 mil).