Câmara de Bayeux publica edital da eleição indireta

A Mesa Diretora da Câmara Municipal de Bayeux publicou, no fim da tarde desta quinta-feira (06), o edital que oficializa a convocação de eleição indireta na cidade, conforme determinação judicial. O pleito ocorrerá após a renúncia do prefeito afastado Berg Lima, investigado por desvios de recursos no município.

Conforme o documento, assinado pelo presidente da Casa, Inaldo Andrade, a eleição será realizada no dia 13 de agosto, quando também haverá a posse dos eleitos.  O prazo para inscrição das candidaturas e chapas vai até às 15 horas desta sexta-feira (07).

Segundo o edital, poderão se candidatar qualquer cidadão que preencha os seguintes requisitos: brasileiro, que tenha o pleno exercício dos direitos políticos, alistamento eleitoral em dia, domicílio eleitoral na cidade, filiação partidária, idade mínima de 21 anos e que seja alfabetizado.

Uma decisão judicial da 4ª Vara Mista de Bayeux, em pedido feito em Mandado de Segurança pelo vereador Adriano Martins, determinou que a Câmara faça eleição indireta para escolha do prefeito da cidade que deve assumir o cargo até o fim de 2020. A decisão foi assinada pelo juiz Francisco Antunes Batista.