‘Carta da Juventude pelo Clima’ é entregue a João Azevedo

Na manhã desta segunda-feira (25), as jovens ativistas pelo clima Alice Piva (23) e Mikaelle Farias (20), que representam a juventude nordestina do movimento internacional Fridays for Future foram recebidas pelo governador João Azevêdo (Cidadania), na Granja Santana.



A audiência foi articulada pelo mandato parlamentar do deputado estadual Chió (Rede/PB), e teve como objetivo central entregar ao governador a ‘Carta da Juventude Pelo Clima’ no Nordesteelaborada durante a Conferência Nordeste Pelo Clima, ocorrida no último final de semana, na Capital João Pessoa.



De acordo com a jovem Alice Piva (23), coordenadora do Núcleo Nordeste da Fridays for Future a juventude está ativa e engajada lutando pela limitação do aquecimento da temperatura média da Terra a 1,5º C e para que isso aconteça, o ativismo jovem precisa dialogar com os poderes públicos que detém a faculdade de priorizar as políticas ambientais.



“No último final de semana, juntamente com jovens ativistas do Rio Grande do Norte, Ceará, São Paulo. Pernambuco e Piauí nós debatermos e elencamos como prioridade temas urgentes, considerando a situação do nordeste nesse contexto global e acreditamos que o governador é uma ponte muito positiva entre as nossas demandas e o Consórcio Nordeste, pois, entendemos que essa temática deve estar no centro de todo planejamento de governos”, ponderou Alice Piva.



Entre as reivindicações dos jovens ativistas nordestinos estão: a Não exploração da bacia petrolífera de Potiguar; a Descarbonização da matriz energética de forma descentralizada; a Transição à agroecologia; o Incentivo aos meios de transporte com baixa emissão de GEEs; a Proteção e conservação dos biomas nordestinos; a Priorização de infraestruturas verdes e azuis; o Desenho de políticas públicas e a Educação climática.



A jovem Mikaelle Farias (20), que representará a Paraíba na COP-26, maior evento do clima no mundo, confirmou que quer levar para Glasgow (Escócia), a pauta da desertificação no nordeste, e da fome que as mudanças climáticas já estão causando. “Em 2050 eu terei 49 anos e se medidas não forem tomadas agora eu poderei presenciar em minha região, um dos maiores desertos que o Brasil já teve, e eu não quero viver isso, por isso, precisamos pensar globalmente agindo localmente”, enfatizou a jovem.



O chefe de gabinete do deputado estadual Chió (Rede/PB), agradeceu ao governador João Azevêdo (Cidadania) pelo apoio do Estado na Conferência Nordeste Pelo Clima e ressaltou o protagonismo da juventude. “Enquanto mandato nós ficamos felizes em articular este momento que coroou as últimas semanas de debates na Paraíba, que antecederam a COP-26, porque essa agenda do clima é uma prioridade do deputado estadual Chió, na Assembleia Legislativa da Paraíba”, destacou.



Governador reafirma compromisso com agenda do clima



Em diálogo com as jovens ativistas, o chefe do Executivo estadual ressaltou o compromisso para o cumprimento de metas em favor da agenda ambiental. “Nós não podemos ficar fora do processo de discussões ambientais. Estamos atentos a essa questão, tanto que estabelecemos dentro do Fórum de Governadores do Brasil grupos para tratar de cada bioma e os estados assumiram a responsabilidade de fazer seus estudos, bem como elaboramos uma carta aberta em que expressamos nosso desejo de fortalecer políticas em prol da proteção do meio ambiente. Além disso, temos que repensar a matriz energética, a partir do vento e do sol, um potencial da nossa região e que estamos investindo”, frisou.



Ele também destacou ações da gestão estadual voltadas para o segmento. “Nós já identificamos mais de 500 nascentes do Rio Paraíba para fazer o trabalho do replantio da vegetação e recuperar esses locais para ter um melhor enfrentamento da situação e temos também os investimentos do Procase que asseguram a permanência do homem e da mulher no campo, com foco no desenvolvimento rural sustentável e nas condições propícias para produção”, acrescentou.