Daniella admite disputar Governo: “Não sou da base”

Em entrevista (5) a imprensa televisiva da capital a senadora Daniella Ribeiro informou que a possibilidade de filiação do presidente Jair Bolsonaro ao Progressistas não está sendo discutida dentro da cúpula do PP paraibano. Sobre a possibilidade de disputar o Governo do Estado, a mesma disse que seu nome está à disposição, pois integra a oposição ao governador João Azevêdo (Cidadania).



Sobre a possibilidade de filiação de Bolsonaro ao PP, a senadora disse que não está sendo comunicada pela direção nacional da sigla a esse respeito. “O presidente nacional do partido, Ciro Nogueira, não nos comunicou nada disso. Ciro é um dirigente que prima pelo diálogo e acredito que um assunto como esse seria comunicado aos filiados. Então, já que isso não está sendo discutido, eu não posso falar sobre o que não existe. Eu não me adiantaria. Seria precipitado. Eu não dei esse tipo de declaração”, disse Daniella.



Ao ser questionada a respeito dos planos dos Progressistas para as eleições do ano que vem, Daniella admite disputar o Governo da Paraíba, como sugeriu publicamente a prefeita de Bayeux, Luciene Gomes. “Fiquei honrada pelas palavras dele e várias outras mulheres têm incentivado minha candidatura. Isso é muito legal: a solidariedade. Os Progressistas têm unidade, somos fortes, tem muita gente querendo Aguinaldo Ribeiro senador pelo que ele tem feito pela Paraíba. Temos tido respeito pela população porque candidatura não se impõe. E há muitos municípios defendendo Aguinaldo e outros defendendo a minha ao Governo da Paraíba. Não digo que não serei candidata. E os dois candidatos, não dá!”, comentou destacando também que integra a oposição ao governador João Azevêdo. “Nunca tive problemas com ele, mas sou independente. Não estou na base do governo”, finalizou.



___



Redação com Parlamento PB