Deputados destinam emendas para hospitais e centros médicos

Os deputados estaduais da Paraíba apresentaram diversas emendas ao Projeto de Lei nº 1.094/2023, que trata do Orçamento Anual do Estado para o exercício financeiro de 2024. Entre as emendas, destacam-se as que destinam recursos para hospitais e centros médicos de diferentes municípios paraibanos, visando melhorar a qualidade e a eficiência dos serviços de saúde pública.

De acordo com o relatório da Secretaria Legislativa da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), foram apresentadas 71 emendas voltadas para hospitais e centros médicos, totalizando um valor de R$ 39,9 milhões. As emendas foram de dois tipos: apropriação, que acrescenta recursos ao orçamento; e remanejamento, que altera a destinação de recursos já previstos.

As unidades de saúde que receberam maior valor em emendas foram: Hospital Distrital de Itaporanga (R$ 16,6 milhões); o Hospital Regional de Piancó (R$ 6 milhões); o Hospital de Trauma do Sertão (R$ 5 milhões); a Fundação Napoleão Laureano (R$ 2,09 milhões); e a Fundação Assistencial da Paraíba (FAP), em Campina Grande, com R$ 1,65 milhões.

As emendas destinadas aos hospitais e centros médicos foram propostas por 25 deputados estaduais.

O presidente da ALPB, deputado Adriano Galdino, destacou a importância das emendas para fortalecer o sistema de saúde do estado, especialmente diante dos desafios impostos pela pandemia da Covid-19. “Os deputados estaduais demonstraram sensibilidade e compromisso com a saúde pública da Paraíba, destinando recursos para hospitais e centros médicos que atendem a população em diversas regiões. Essas emendas vão contribuir para ampliar e melhorar a oferta de serviços de saúde, garantindo mais qualidade de vida para os paraibanos e paraibanas”, afirmou.