Deputados se reúnem com secretário de saúde

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) realizou, nesta quarta-feira (22), reunião remota por meio de videoconferência com o secretário estadual da Saúde, Geraldo Medeiros, para debater as ações executadas pelo Governo do Estado contra ao coronavírus e sugerir iniciativas para o Executivo combater esta pandemia.

Acompanhado de auxiliares da pasta, o secretário apresentou aos parlamentares o panorama da situação da pandemia do coronavírus e destacou a solicitação dos deputados sobre a compra de equipamentos hospitalares, o aumento do número de leitos de UTIs, além dos testes rápidos em regiões, a exemplo do Sertão.

Durante a reunião, os deputados questionaram as ações do Poder Executivo no combate ao Coronavírus. O presidente da Casa, Adriano Galdino, reforçou a preocupação que a ALPB tem tido com o trabalho realizado pelo Governo na luta contra o vírus. Ele ressaltou as ações direcionadas às cidades do Sertão paraibano e pediu atenção especial para outros municípios, a exemplo de Itabaiana. O parlamentar solicitou a criação de uma estrutura no Hospital Filantrópico do município. "A unidade pode ser utilizada visto que há bastante casos naquela área", disse.

Geraldo Medeiros, juntamente com o Secretário de Gestão Hospitalar, Daniel Beltrammi, afirmaram que as regiões onde os deputados têm pedido atenção da Secretaria já estão sendo atendidas. Geraldo Medeiros afirmou que na próxima semana os respiradores solicitados para atender o Sertão estão chegando e garantiu que há leitos suficientes para o atendimento. "A previsão é que nessa região ocorra apenas 10% dos casos. Teremos o incremento de 14 leitos em Cajazeiras e 20 em patos. Pacientes também podem ser transferidos para Campina Grande sem problemas", destacou.

Geraldo Medeiros anunciou que, a partir desta quinta-feira (23), a Secretária de Saúde começará a realizar a testagem em massa da população, pois o Governo adquiriu 310 mil testes, que serão distribuídos em todo o estado. "É fundamental essa testagem, pois trará o maior numero de casos confirmados e vai ajudar na queda da taxa de mortalidade. Hoje, temos exames sendo realizados em 24h e postos os resultados. Isso fez com que descobríssemos um aumento de casos, mesmo havendo subnotificação", comentou.

Ele disse ainda que há uma preocupação na divisa com os estados do Ceará e Pernambuco, onde existe um elevado número de casos de Covid-19, e por isso foram instaladas barreiras sanitárias em alguns municípios, como Alcantil e Cajazeiras para conter o avanço para a Paraíba. O secretário também ressaltou a importância da população permanecer em casa como forma de evitar a contaminação do vírus.

Daniel Beltrammi, juntamente com a secretária executiva da Saúde, Renata Nóbrega , fizeram críticas ao Governo Federal pela falta de apoio, recursos financeiros e equipamentos. Eles disseram que os Estados estão agindo em grande parte por responsabilidade própria. "Os municípios paraibanos receberam ao todo R$ 66 milhões e o Estado recebeu R$ 11 milhões em recursos financeiros para a luta contra o coronavírus", disse o secretário executivo.