Diap aponta Daniella como ‘cabeça’ do Senado

A senadora Daniella Ribeiro, líder do Progressistas no Senado Federal, está na lista dos parlamentares mais influentes – ‘100 cabeças’ – do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap). Entre os senadores com destaque, Daniella aparece como ‘parlamentar cabeça’, termo usado para aqueles que conseguem se diferenciar dos demais pelo exercício de todas ou algumas das qualidades e habilidades consideradas pelo Diap. A pesquisa foi publicada nesta segunda-feira (10).

Daniella é uma das duas mulheres no grupo destaque de senadores. Na classificação de habilidades, ela aparece como ‘negociadora’. O termo foi destinado a parlamentares que “investidos de autoridade para firmar e honrar compromissos, sentam-se à mesa de negociação respaldados para tomar decisões.

Daniella está em seu primeiro mandato como senadora da República, eleita em outubro de 2018 com mais de 830 mil votos. “É uma honra figurar nessa lista, ao lado de grandes nomes da política brasileira. É um reconhecimento pelo trabalho que estamos fazendo no Senado, como líder do Progressistas. Nesse primeiro semestre buscamos atuar de forma a promover o bom debate e lutar pelo desenvolvimento do nosso país, considerando os anseios da população brasileira. Fico feliz em ter esse reconhecimento como representante do povo. Continuarei trabalhando com afinco, ética e transparência”, declarou a senadora.

Para entrar na lista de protagonistas do Congresso Nacional, os parlamentares precisam atender alguns requisitos, como ter a capacidade de conduzir debates, negociações, votações, articulações e formulações. A pesquisa destaca que “é o parlamentar que, isoladamente ou em conjunto com outras forças, é capaz de criar seu papel o contexto para desempenhá-lo”.

São considerados apenas os parlamentares que estavam no efetivo exercício do mandato no período de avaliação, que foi de fevereiro a junho de 2019. Dos 100 parlamentares, 71 são deputados e 29 senadores.

Progressistas em destaque

Além de Daniella, também aparecem como ‘cabeças’ os senadores Espiridião Amin (SC) e Ciro Nogueira (PI), ambos do Progressistas. Entre deputados federais do partido, aparecem Aguinaldo Ribeiro (PB), Arthur Lira (AL), Laércio Oliveira (SE) e Ricardo Barros (PR).