Estado apoia Festival de Aboio de São José dos Ramos

O município paraibano de São José dos Ramos sedia, a partir desta sexta-feira (5), a 10ª edição do tradicional Festival de Aboio. A abertura será às 19h, no auditório da Escola Municipal Maria Caxias. Um dos destaques da noite é o lançamento do filme “O Candeeiro”, dirigido por Adriano Francisco (PB). Em seguida, às 20h, acontecem a apresentação da orquestra do Ponto de Cultura Cantiga de Ninar e do poeta Orlando Otávio. Às 20h30, se apresentam os vaqueiros aboiadores Lila, Chinês, Doca Monteiro, Dedé de Gurinhém e Dedé de Salgado. Eles prestam homenagem póstuma ao vaqueiro José Leonardo Brito da Silva (Amor).

Organizado pela Associação Zé Preto Aboiador e a prefeitura municipal, o evento se estende até o domingo (7) e conta com apoio do Governo do Estado, por meio da Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc). A programação envolve, além dos vaqueiros, equipes de escolas municipais e estaduais e toda a população da região.

“Hoje existe uma certa dificuldade em manter viva essa tradição devido à industrialização dos campos, que tem afastado o vaqueiro dessa atividade. A nossa proposta é justamente acionar essa memória do povo, valorizando a poesia cantada, que é o aboio”, explica a coordenadora do evento e representante da associação de aboiadores, Laura Maurício. Dessa maneira, o festival incentiva os aboiadores a cantar e compor versos inéditos, resgatando essa manifestação cultural ao mesmo tempo que busca sensibilizar os habitantes da região para que conheçam a beleza dessa arte.

Evento pioneiro do gênero na Paraíba, o Festival de Aboio de São José dos Ramos tem como objetivo o reconhecimento, valorização e perpetuação dessa cultura na região. “Este evento tem revelado muitos vaqueiros e ex-vaqueiros aboiadores igualmente detentores de um saber cujas transformações sócio-econômicas contribuíram para seu esquecimento”, justifica a coordenadora.

Para a edição deste ano, há 17 participantes na categoria vaqueiros aboiadores (que se dedicam a cantar e compor novas toadas características da função, resgatando essa cultura secular prestes a se extinguir). Outros 300 participam como vaqueiros de outras funções. Para crianças, há a corrida de cavalo de pau e desfile de jegue enquanto os adultos podem concorrer na corrida de jegue e argolinha.

Programação 10º Festival de Aboio de São José dos Ramos

05/12 - Sexta-Feira

Local: Auditório da Escola Maria Caxias.

19h – Abertura oficial do Festival de Aboio.

19h30 – Lançamento do Filme “O Candeeiro”, direção: Adriano Francisco

20h – Orquestra do Ponto de Cultura Cantiga de Ninar /Poeta Orlando Otávio.

20h30 – Apresentação dos vaqueiros aboiadores Lila, Chinês Aboiador, Doca Monteiro, Dedé de Gurinhém e Dedé de Salgado.

Homenagem póstuma ao vaqueiro José Leonardo Brito das Silva (Amor).

06/12 - Sábado

Local: Granja do Vaqueiro Zé Val.

08h – Corrida de Cavalo de Pau (crianças de 4 à 10 anos).

09h – Corrida de Jegue (proibido uso de esporas).

10h – Corrida de Argolinha (azul e encarnado).

12h30 – Almoço

14h – Apresentações culturais das Escolas Municipais.

16h – Desfile de Jegues.

Concentração: Colégio Estadual até o palanque na Praça Noé Rodrigues.

18h30 – Jantar

20h – Breve homenagem das autoridades aos vaqueiros.

1° Apresentação de aboios: Lila, Jessé, Zé Val, Gabriel Aboiador.

Apresentação do Grupo “Ganzá de Ouro”.

2° Apresentação de aboios: Dedé de Salgado, Zezinho, Du Ramos e Batista.

Apresentação do Grupo: “Ganzá de Ouro”

3° Apresentação de aboios: Carlinho, Dedé de Gurinhém, Severo e Chinês Aboiador.

Apresentação do Grupo “Ganzá de Ouro”.

22h – Banda Forrozão Bate Esteira.

07/12 – domingo

Local: Granja do Vaqueiro Zé Val.

08h – Concentração dos vaqueiros na Granja Zé Val.

Homenagem póstuma ao vaqueiro Zé Preto.

08h30 – Saída da Procissão dos vaqueiros.

Condução das Imagens: São José – Vaqueiro Batista.

N.S. Aparecida – Gabriel Aboiador.

10h30 – Chegada da Procissão na Igreja.

Recebimento das imagens e benção pelo Padre Emanuel.

11h30 – Feijoada, aperitivos e Som.