Filiados do PSDB podem baixar aplicativo, até hoje, para votar nas prévias

Os filiados do PSDB têm até segunda-feira (15) para fazerem o cadastro no aplicativo que permite a votação nas prévias do partido. A decisão ocorrerá em 21 de novembro, mas apenas os que fizeram a inscrição online poderão participar da escolha do nome que deve representar a legenda da disputa pela Presidência da República.

A votação será online, pelo aplicativo ‘Prévias PSDB’. A ferramenta está disponível para download pelo Google Play e Apple Store. Poderá votar quem se associou à legenda até 31 de maio deste ano.

Disputam o posto os governadores Eduardo Leite (Rio Grande do Sul), João Dória (São Paulo) e o ex-senador e ex-ministro-chefe do governo Fernando Henrique, Arthur Virgílio Neto. Os filiados paraibanos tiveram a oportunidade de debater com os três candidatos às prévias do partido, que visitaram a Paraíba em busca de apoio dos tucanos.

Prefeitos, vice-prefeitos, vice-governadores, governadores, senadores e deputados participarão da votação presencial, que acontecerá em Brasília, no mesmo dia. Ex-presidentes e o atual presidente da Comissão Executiva Nacional do PSDB também votarão diretamente na capital federal. Ainda assim, eles também precisam fazer o cadastro na plataforma.

Quem não se inscrever até segunda, ficará impossibilitado de participar da decisão. O presidente do PSDB na Paraíba, deputado federal Pedro Cunha Lima reforça a importância dos filiados fazerem parte do processo político para as eleições do próximo ano. “Recebemos os pré-candidatos, ouvimos as propostas, e acredito que todos os filiados conseguiram chegar a uma conclusão de um nome para a disputa pela Presidência”, afirmou.

Prévias PSDB – No aplicativo, o filiado deverá fazer o cadastro até 15 de novembro para participar da votação. Será necessário o título de eleitor para realizar o login, além de identificação facial para assegurar a identidade do inscrito. Mesmo quem puder votar de forma presencial precisará fazer o registro na plataforma. No total, serão quatro grupos votantes, todos com peso unitário de 25% do total de votos válidos.