Furto e roubo de smartphones disparam em 2022

O aumento da oferta de smartphones 5G e a queda de mais de 30% nos valores fez a venda desse tipo de aparelho crescer 230% no Brasil de janeiro a maio de 2022, segundo a consultoria GfK. Responsável por 12,5% do total de celulares vendidos durante o período, a nova tecnologia cada vez mais cai no gosto dos brasileiros. Entre janeiro e maio de 2022 foram vendidos 14,4 milhões de celulares no País. E, quanto mais aparelhos com funções inovadoras, maior o interesse de pessoas mal intencionadas.

O número de furtos cresceu 5,4% no país. Em 2021 foram 365.619, contra 346.974 de 2020.0. Os dados são do Anuário Brasileiro de Segurança Pública. Já os roubos de celulares também no Brasil aumentaram 0,6% entre 2020 e 2021. No ano passado foram 481.694, contra 478.969 de 2020. O estado que registrou o maior número de crimes (roubos e furtos) em 2021 foi São Paulo:

 































































São Paulo
2020 2021 Crescimento
Roubos 149.647 150.333 0,5%
Furtos 127.703 139.128 8,9%




Os segundo e terceiro lugares (em números de crimes), ficaram com os estados de Minas Gerais e Pará, respectivamente:

 































































Minas Gerais
2020 2021 Crescimento
Roubos 18.777 13.213 -29,6%
Furtos 38.079 34.541 -9,3%




 































































Pará
2020 2021 Crescimento
Roubos 34.882 41.544 19,1%
Furtos 16.892 19.270 14,1%




Já o estado que registrou o menor número de roubo e furtos em 2021 foi a Paraíba:

 































































Paraíba
2020 2021 Crescimento
Roubos 1.055 1.383 31,1%
Furtos 413 403 -2,4%




 

 

Dados São Paulo -- 2021 e 2022

Segundo dados obtidos pela Kakau -- plataforma digital que utiliza a tecnologia de inteligência artificial para entregar resultados mais precisos no segmento de seguros -- da Secretaria de Segurança Pública, via Lei de Acesso à informação, houve um aumento gigantesco nos números do estado mais populoso do País. No estado de São Paulo, comparando os meses de janeiro a maio de 2021 em relação ao mesmo período deste ano (2022), os números de furtos e roubos cresceram em 41% e 21%, respectivamente, e foram os seguintes:

 









































































































Furtos
2021 2022
Janeiro 11.781 13.500
Fevereiro 11.575 12.983
Março 10.002 16.732
Abril 9.425 16.111
Maio 11.719 17.349
Total 54.502 76.675
Crescimento 41%




 









































































































Roubos
2021 2022
Janeiro 17.568 18.626
Fevereiro 16.424 15.729
Março 15.058 20.654
Abril 14.526 20.105
Maio 15.860 20.860
Total 79.436 95.974
Crescimento 21%




 

O crescimento assustador do número de crimes envolvendo smartphones chama a atenção para a necessidade de contratação de um seguro. "Cada vez mais pessoas se conscientizam para a segurança de seus bens pessoais. Aqui na Kakau os modelos mais assegurados são o iPhone 11 64Gb, Samsung Galaxy A22 e A32 e os valores por dia, dependendo do seguro e do modelo escolhido, variam nestes casos de R$ 0,47 a R$ 2,96", explica o co-fundador e sócio da Kakau Seguros, Henrique Volpi.

A proteção de um smartphone começa com alguns cuidados simples, porém muito importantes. Confira, então, 9 dicas que valem ouro quando assunto é evitar roubos e furtos:

1- Não deixe o smartphone à mostra: A dica pode parecer boba, mas é muito importante alertar! Só use o celular caso realmente for necessário, e faça isso rápido. Se precisar usá-lo por mais tempo, entre em um estabelecimento comercial, é mais seguro.

2- Não leve o smartphone em lugares com grande concentração de pessoas: Se for possível, deixe o smartphone em casa ao ir em shows, partidas de futebol e centros de comércio popular. Caso não consiga, uma dica importante é colocar o seu chip em um aparelho antigo - aquele que você deixa de backup caso algo aconteça com o oficial.

3- Proteja o smartphone: Guarde o celular nos compartimentos mais protegidos de bolsas e mochilas. Se for colocá-lo no bolso, o da frente é sempre mais seguro que o de trás. Vale a pena também usar casacos e jaquetas com bolsos internos ou invisíveis.

4- Esteja sempre alerta: mantenha uma distância segura das outras pessoas e fique atento a atitudes suspeitas. Atenção ao dar informações ou informar as horas, não exiba o smartphone.

5- Cuidado no transporte público: todo cuidado é pouco principalmente nos horários de pico. Não se esqueça de deixar bolsas e mochilas à frente do corpo. E se sentar na janela de um ônibus ou van, só use o celular se ela estiver fechada.

6- Instale aplicativos anti-roubo: é super fácil encontrar tanto no Google como na iOS Store aplicativos que protegem o aparelho caso ele seja roubado ou furtado. Alguns são gratuitos e permitem controlar o celular remotamente se algo acontecer.

7- Use fone de ouvido sem fios: chama menos atenção do que os fios à mostra. E mesmo ouvindo o que mais gosta, não se descuide do que está à sua volta.

8- Ao pedir carros de aplicativos: muitos crimes acontecem quando se espera um carro de aplicativo. Não mantenha o celular na mão sem necessidade. Habilite as notificações, você será avisado conforme o cartão chegar perto.

9- Invista em um seguro: Por que dar sopa para o azar? Contrate um seguro para o seu aparelho em um período de dois meses, por exemplo. A Kakau conta com plataformas que oferecem a opção de pausar e retomar o serviço a qualquer momento, sem custos adicionais.

Mas, e se o celular for levado? Saiba, abaixo, o que fazer:

1- Entrar em contato com a operadora e bloquear o IMEI do aparelho;

2- Registrar um Boletim de Ocorrência. Se não houve violência, ele pode ser feito online;

3- Caso seja possível, localizar o aparelho pelo sistema operacional

4- Apagar os dados do telefone remotamente

5- Acionar o seguro, caso tenha