João pleiteia início das obras do terceiro lote do canal Acauã-Araçagi no MIDR
19 de novembro de 2023
Redação

O governador João Azevêdo manteve reunião, nesta quinta-feira (16), em Brasília, com o secretário executivo do Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional, Valder Ribeiro, e com o secretário nacional da Segurança Hídrica, Giuseppe Serra Seca, ocasião em que pleiteou a conclusão das obras do canal Acauã-Araçagi.

Durante a audiência, o chefe do Executivo estadual apresentou um ofício com o plano de trabalho do terceiro lote da obra, orçado em R$ 200 milhões.

“Nós apresentamos algumas alterações no projeto e solicitamos a aprovação para que possamos fazer a licitação e iniciar as obras no início do próximo ano”, explicou João Azevêdo.

Também participaram da reunião, o secretário da Infraestrutura e dos Recursos Hídricos, Deusdete Queiroga; e o chefe de Gabinete do Governador, Ronaldo Guerra.

O canal – O Canal Acauã-Araçagi significa a redenção de uma região fortemente atingida pela seca e com vocação agrícola indiscutível — solo de boa qualidade e aptidão para a agricultura irrigada.

A obra vai possibilitar atender outros projetos implantados ao longo do Canal Acauã-Araçagi, como os de piscicultura e carcinicultura, trazendo desenvolvimento econômico para os 38 municípios contemplados — Alagoinha, Araçagi, Belém, Caiçara, Caldas Brandão, Campo de Santana, Capim, Cruz do Espírito Santo, Curral de Cima, Cuité de Mamanguape, Cuitegi, Ingá, Duas Estradas, Guarabira, Gurinhém, Itabaiana, Itapororoca, Itatuba, Jacaraú, Juripiranga, Logradouro, Mamanguape, Mari, Mogeiro, Mulungu, Pedras de Fogo, Pedro Régis, Pilar, Pirpirituba, Riachão do Poço, Salgado de São Félix, Santa Rita, São José dos Ramos, São Miguel de Taipu, Sapé, Serra Raiz, Sertãozinho e Sobrado.

As Vertentes Litorâneas — Canal Acauã-Araçagi — são consideradas a maior obra hídrica já realizada na Paraíba e a segunda da região Nordeste.

Compartilhe: