Julian Lemos assume comando do PSL no país

O deputado federal Julian Lemos assumiu interinamente, nesta terça-feira (24), a presidência nacional do PSL. É que o presidente do partido, o deputado federal, Luciano Bivar, está em viagem fora do país.  O paraibano já tem uma batata quente pra descascar. Ele reagiu às investidas do deputado gaúcho Bibo Nunes (PSL-RS), que quer levar o presidente Jair Bolsonaro para o Patriota. Isso causou insatisfação dentro do partido.

Julian Lemos é presidente do PSL na Paraíba e vice-presidente nacional da legenda. Antes de viajar,  Bivar  passou o comando da sigla para o paraibano. O parlamentar tem papel estratégico no comando nacional do partido.

Presidente interino do PSL, Julian Lemos afirmou que o deputado "blefa" quando diz que 30 deputados do PSL deixariam a sigla por conta de insatisfações. "O Bolsonaro, com um partido fortíssimo, vai fazer o que num partido nanico? É uma questão de insanidade. É especulação barata", disse Lemos à colunado Guilherme Amado, da Época.



Lemos deve levar o assunto a Bolsonaro até sexta-feira."Desde que o deputado perdeu o controle do PSL no seu estado, ele promove o seu autoisolamento, desferindo declarações inconsequentes e desproporcionais, com o intuito de desestabilizar a legenda", disse.

O deputado também ameaçou, se Bibo Nunes continuar a "atacar o partido", acionar o conselho de ética do PSL.