Justiça passa dos 50 mil atos em 11 dias

Um total de 51.255 atos processuais foi realizado pelo Poder Judiciário estadual paraibano no período de 18 de março até esse domingo (29) – contexto em que as atividades estão ocorrendo de forma remota, devido às medidas adotadas pela Presidência do Tribunal de Justiça da Paraíba para contenção da pandemia do coronavírus - Covid-19 (Ato Conjunto n° 03/2020/TJPB/MPPB/DPE-PB/OAB-PB, publicado no Diário da Justiça eletrônico do dia 19 de março). Até a última terça-feira (24), haviam sido computados mais de 28 mil atos.







De acordo com a Gerência de Pesquisas Estatísticas do TJPB, nos últimos 11 dias, foram registrados no sistema 35.297 despachos, 6.922 decisões e 8.985 sentenças. Os dados apontam, também, a realização de 51 audiências urgentes. O número de arquivamentos também cresceu, chegando a 10.562. Ainda no período, foram distribuídos 7.342 feitos.

A apuração demonstra que os três tipos de ações que mais deram entrada no 1º Grau do Judiciário estadual, de forma eletrônica, foram: Inventário e Partilha, Indenização por Danos Morais e Alimentos. Já no 2º Grau, houve mais Indenização por Danos Morais, seguido de Obrigação de Fazer / Não Fazer e Indenização por Danos Materiais.

Analisando os resultados apurados até o momento, a gerente de Pesquisas Estatísticas do TJ, Renata Grigório, afirmou que o serviço em teletrabalho tem respondido bem em termos de números. “Os resultados gerais são positivos, sobretudo, nesta última semana, quando foi alcançado o maior número de despachos proferidos no 1º Grau no PJe, conforme esperado, em razão da quarentena”, declarou.