Louceiras de Cajazeiras viram patrimônio imaterial da Paraíba
11 de abril de 2023
Redação

O deputado estadual Júnior Araújo (PSB) teve o projeto de Lei nº 9/2023, que reconhece o grupo “Louceiras de Cajazeiras” como Patrimônio Cultural Imaterial da Paraíba, aprovado por unanimidade na sessão desta terça-feira (11), na Assembleia Legislativa da Paraíba.
O parlamentar assegurou que a Lei visa possibilitar o reconhecimento da importância das louceiras que são consideradas um grupo artístico, cultural e educacional, pois além da arte que produzem a partir do bairro, possuem uma longa história de tradição passada de geração para geração.
“O grupo contribui com a valorização da nossa terra, a partir da criatividade e do amor pelo que faz. Esse dispositivo é uma medida de valorização e incentivo, pela resistência em tempos de dificuldades, para receberem nosso apoio para continuar mantendo sua arte viva”, pontuou.
Para dona Maria de Lourdes, louceiras no município de Cajazeiras falta incentivo por parte da administração pública. “A cidade não dá suporte para gente manter. Na pandemia tivemos nossas vendas paradas, implementamos a venda por redes sociais, mas sem muito sucesso, pois a peça de barro requer o olhar do comprador. Mas, continuamos nessa prática por necessidade financeira e por se tratar de algo que nos realiza, é uma arte que vemos presente desde os primeiros modos de vida de nossa sociedade”, disse.
A arte das louceiras de Cajazeiras desperta nos lugares onde é exposta, sua história e tradição também atrai acadêmicos e é considerada uma das atividades mais antigas do Sertão paraibano.
_____
Fotos: Diário do Sertão/Reprodução

Compartilhe: