Morte de Ronaldo Cunha Lima completa 10 anos

Há 10 anos, no sábado de 7 de julho de 2012, morria o ex-governador Ronaldo Cunha Lima, que faleceu após complicações de saúde. O deputado estadual Tovar Correia Lima relembrou a morte do poeta e propôs uma sessão especial em sua homenagem na Assembleia Legislativa da Paraíba.

“Ronaldo teve uma trajetória política que enche de orgulho a Paraíba. Devotou toda sua dedicação em fazer Campina ser grande. Ele trabalhou pelo nosso estado e era amado não só pelo que fazia, mas por ser quem era. Marcou a vida de centenas de pessoas e mesmo após uma década, sua contribuição ainda merece ser lembrada”, destacou o parlamentar.

Tovar apresentou requerimento solicitando a realização da sessão ao presidente da Casa. No documento, ele destacou a trajetória política de Ronaldo, que exerceu uma série de cargos: governador, senador, deputado federal e estadual, prefeito e vereador. Caso aprovada, a sessão será agendada assim que os deputados retornarem do recesso.

Perfil - Ronaldo foi advogado, escritor e político brasileiro. Pela Paraíba foi governador, senador e deputado federal e estadual, ambos durante dois mandatos. Pela cidade de Campina Grande, foi prefeito por dois mandatos e vereador. Também foi conselheiro federal da Ordem dos Advogados do Brasil e membro da Academia Paraibana de Letras. Nasceu em Guarabira no dia 18 de março de 1936, vindo a falecer em 7 de julho de 2012, completando este ano dez anos de saudade.