PB gera 1.817 vagas, com terceiro desempenho do NE
17 de novembro de 2014
Redação

A geração de emprego na Paraíba manteve trajetória de saldo positivo no mês de outubro e gerou 1.817 vagas. De acordo com os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), órgão do Ministério do Emprego e Trabalho (MTE), os setores do comércio (887 postos) e da indústria de transformação (648 postos) apresentaram os maiores saldos no último mês. Com o resultado, a Paraíba registrou o terceiro melhor desempenho do Nordeste. Já o país, no mês de outubro, perdeu 30.283 vagas, enquanto os nove Estados do Nordeste geraram 8.543 postos.

De janeiro a outubro, a Paraíba acumula um saldo de 14.626 novos postos, uma expansão de 19,43% sobre o mesmo período do ano passado (12.249). Nos dez meses deste ano, a Paraíba registra também o terceiro melhor desempenho da Região Nordeste em números absolutos, enquanto os Estados do Ceará (43.503) e a Bahia (36.212) lideram a geração de empregos na Região. (Veja o quadro completo).

Os setores de serviços (8.423), comércio (2.959) e construção civil (2.938) lideram na Paraíba o saldo de empregos criados nos dez meses deste ano. As três atividades mostram também forte expansão sobre igual período do ano passado. A construção civil registra o maior crescimento (468%), seguido do comércio (46%), enquanto o setor de serviços, que lidera em vagas, apresenta alta de 10,29% sobre o ano passado.

No cenário municipal, João Pessoa apresenta os melhores resultados da Paraíba com saldo de 5.579 postos criados, o que representa 38% dos empregos gerados nos dez meses deste ano. Na sequência ficaram Campina Grande (891), Patos (838), Santa Rita (812), Cabedelo (693) e Bayeux (418).

Saldo de vagas no acumulado do ano no NE

Unidade da Federação

 

Empregos gerados
Ceará43.503
Bahia36.212
PARAÍBA14.626
Piauí12.125
Rio G. do Norte11.749
Maranhão8.549
Sergipe8.247
Pernambuco410
Alagoas-8.400
NORDESTE127.021

Fonte: Caged/MTE

Compartilhe: