PB registra mais de 8 mil novos pequenos negócios

A pandemia do novo coronavírus impôs uma mudança no perfil dos negócios da Paraíba. Muitas pessoas perderam seus empregos e acharam que era hora de investir no próprio negócio. Recursos próprios, como os garantidos pelo seguro-desemprego, permitiram esse empreendedorismo em tempos de crise. Foram 8.893 novos negócios registrados em um período de seis meses. Dados divulgados pelo Sebrae Paraíba apontam que, no primeiro semestre deste ano, houve um crescimento de 5% no número de pequenos negócios optantes do Simples Nacional no estado.

De acordo com os dados, em 31 de dezembro do ano passado a Paraíba contava com 176,8 mil pequenos negócios optantes do Simples Nacional, número que passou a ser de 185,7 mil no último dia 30 de junho. Considerando apenas a categoria do microempreendedor individual (MEI), os dados indicam um crescimento ainda maior, de 8,4%, uma vez que no dia 31 de dezembro o estado contava com 130,1 mil MEIs optantes do Simples Nacional, número que em 30 de junho passou a ser de aproximadamente 141 mil empreendedores.

Já em relação às microempresas (ME) e empresas de pequeno porte (EPP), o levantamento realizado pelo Sebrae Paraíba indica uma redução de 4,4% no número de optantes do Simples Nacional no estado nos últimos seis meses. De acordo com os números, a Paraíba contava com 46,7 mil microempresas e empresas de pequeno porte em 31 de dezembro, número que passou a ser de 44,6 mil no final de junho.

Para a analista técnica do Sebrae Paraíba, Germana Espínola, os números refletem, entre outros aspectos, as mudanças provocadas pela pandemia no mercado de trabalho.