Pedro: “Rejeito conchavo, corrupção e mordomia. Mas não recuso voto de ninguém”
10 de março de 2022
Redação

Com o fortalecimento de sua pré-candidatura a governador da Paraíba, o deputado federal Pedro Cunha Lima tem sido indagado sobre os apoios que poderá receber no 2º turno das eleições deste ano. Nesta quarta-feira (9), mais uma vez foi questionado sobre os nomes que podem estar no seu palanque e ressaltou que só aceitará ao seu lado figuras que tenham integridade e trajetória limpa na política, mas que não rejeita o voto de ninguém.
“Sobre uma suposta composição com Ricardo Coutinho, vou deixar aqui bem claro: de João Azevêdo, de Ricardo e dos demais participantes da Calvário, eu quero é distância e justiça. Dito isso, não nego o voto de ninguém. Também estou muito focado em sair desse rame-rame da política para buscar soluções aos desafios da Paraíba. Há muito a ser feito”, afirmou.
“Quem quiser apoiar o nosso projeto, confiar no nosso trabalho e votar na gente, que venha, mas sabendo que vamos chacoalhar o nosso Estado, balançar essa política velha e ultrapassada do desvio de dinheiro, da mamata, do privilégio, da mordomia e do desperdício que é feito enquanto o povo passa fome”, acrescentou.

Compartilhe: