Pequenos negócios geram 1.693 postos de emprego

































































































Micro e Pequenas Empresas (MPE) têm sido os grandes responsáveis pela geração de novas oportunidades de empregos em todo País. De janeiro a abril deste ano os pequenos negócios geraram aproximadamente 300 mil novos empregos. Na Paraíba, um total de 1.693 novos postos de trabalho foram criados por elas.

O deputado estadual Eduardo Carneiro (PRTB), que preside a Frente Parlamentar de Empreendedorismo e Desenvolvimento Econômico, ressalta que este é o caminho para o desenvolvimento do estado, mas defende que é preciso ter mais investimentos em qualificação, maior acesso ao crédito e acompanhamento constante do novo empreendedor.

“Empreender é a porta de saída para promover uma nova realidade da população da Paraíba e modificar o cenário econômico do nosso estado. Há muito a ser explorado, porém, os paraibanos precisam ser preparados para extrair potencialidades existentes nas suas localidades uma forma de empreender e uma das missões da Frente Parlamentar é contribuir para esse desenvolvimento”, disse.

A Frente Parlamentar foi lançada neste mês de maio e vem atuando na reformulação da legislação existente, criação de novas leis e debatendo geração de emprego e renda. “A Frente Parlamentar surgiu com o intuito de contribuir para fomentar o empreendedorismo, gerando mais oportunidades de emprego e valorizando o que é produzido em nosso estado”, destaca o parlamentar.

Números passados – De janeiro a dezembro de 2018, só na Paraíba, um total de 6.117 postos de trabalho com carteira assinada foram gerados por meio das MPE. Eduardo Carneiro destaca a relevância dos micros e pequenos empreendedores para o crescimento do estado. “Nos últimos anos nosso País tem passado por uma série de mudanças político-econômicas que afetam o setor empregatício. Os números provam que os pequenos empreendedores estão sendo os protagonistas do desenvolvimento da Paraíba, já que são os responsáveis por gerar novos postos de trabalho, e atuam como modificadores ativos do cenário econômico paraibano”, afirma o parlamentar.

Dados do Sistema de Estatísticas do Simples Nacional (Sinac), da Receita Federal, apontam que os micros e pequenos negócios cresceram 1,2% na Paraíba, só no ano de 2018, isso representa 153.397 pequenos negócios formalizados.