Políticos lamentam morte de Ivandro e destacam sua atuação
29 de maio de 2022
Redação

O governador João Azevêdo decretou luto oficial de três dias e expressou pesar pela morte do ex-senador da República, Ivandro Cunha Lima, considerado político influente da Paraíba. Ele morreu na manhã deste sábado (28), aos 93 anos.

A vice-governadora Lígia Feliciano lamentou a morte do ex-senador da Paraíba, Ivandro Cunha Lima, aos 92 anos, neste sábado (28), pela manhã, em Campina Grande.

Lígia destacou que Ivandro era um decente e de espírito público, dignificando as melhores tradições paraibanas na política brasileira. “Com profundo pesar, lamento o falecimento do ex-senador Ivandro Cunha Lima.  Aos familiares e amigos, desejo que Deus conforte o coração de todos”, ressaltou Lígia.

CMJP – A Câmara Municipal de João Pessoa emitiu nota lamentando a morte do ex-senador campinense. Eis a nota:

A Paraíba inteira está de luto. Perdemos hoje um grande paraibano, o ex-senador Ivandro Cunha Lima, remanescente de uma geração de grandes políticos do nosso Estado. Aos 92 anos, o ex-parlamentar, conhecido pela correção com que se dedicou à vida pública, partiu deixando um legado importante para todos aqueles que o sucederam na política: o de pessoa proba e ciente das necessidades do nosso povo. 

Ivandro entrou na vida pública ainda na juventude, atuando na política estudantil. Depois disso, foi senador, deputado estadual, deputado federal e ocupou cargos no governo do Estado. Em todas essas oportunidades, deu grande contribuição ao povo paraibana. O corpo de Ivandro será velado no Cemitério Parque Campos Santos da Paz, em Campina Grande. O sepultamento acontecerá às 17h deste sábado.

Além da imagem política irretocável, Ivandro Cunha Lima foi pai, marido e avô exemplar. Nesse momento de dor profunda, manifestamos nossos sentimentos à família e aos muitos amigos do ex-senador.

Mesa Diretora da Câmara Municipal de João Pessoa

PSDB – O Partido da Social Democracia Brasileira na Paraíba lamentou  a morte do ex-senador e ex-deputado federal, Ivandro Cunha Lima, filiado à legenda. O partido ressalta a atuação política de Ivandro, que era reconhecido como uma das maiores lideranças políticas da Rainha da Borborema.

A direção estadual externa seu profundo voto de pesar à família e aos amigos neste momento de tristeza. “Nos despedimos de Ivandro. Um homem essencialmente bom. Sempre com um olhar sereno, afetuoso e um discreto sorriso que transbordava seu cuidadoso carinho por todos nós”, comentou o presidente estadual e deputado federal, Pedro Cunha Lima.

Senado – O Vice-presidente do Senado Federal, senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB-PB), manifestou seu pesar pelo falecimento do ex-senador e ex-deputado federal Ivandro Cunha Lima, ocorrido na madrugada deste sábado (28), aos 92 anos de idade.Veneziano está cumprindo agenda política no sertão do estado e ao tomar conhecimento, lamentou a perda, destacando as qualidades de Ivandro em nota distribuída à imprensa.

Nota de pesar

“Foi com tristeza que tomei conhecimento da morte do ex-senador e ex-deputado federal Ivandro Moura Cunha Lima, ocorrido na madrugada deste sábado (28), aos 92 anos de idade.

Como notório parlamentar da Paraíba no Congresso Nacional, Ivandro representou os paraibanos na firmeza de seus propósitos e na condução de seus ideais, com a serenidade que lhe era sempre peculiar. A política da Paraíba perde um de seus expoentes”, disse Veneziano.

Famup – A Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup) lamentou a morte do ex-senador e ex-deputado federal, O presidente da Famup, George Coelho, destacou a atuação política de Ivandro e sua forte defesa do municipalismo.

“O ex-senador e ex-deputado federal Ivandro Cunha Lima era um defensor do municipalismo forte e atuante e por essa causa lutou e trabalhou nos seus mandatos em Brasília. Todos nós da Famup, prefeitos e prefeitas, agradecemos a atuação desse grande homem público ao momento que lamentamos a sua morte. Deixo meu abraço e pesar a todos os familiares e ao prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima, por essa perda”, destacou George Coelho.

ALPB – O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino, em nome de todos os parlamentares e servidores da Casa de Epitácio Pessoa, vem a público lamentar o falecimento do ex-senador Ivandro Cunha Lima.

Ivandro tinha 92 anos e faleceu em casa, na companhia de sua família. “A Paraíba perdeu um grande político, que sempre lutou por uma Paraíba melhor. Fica aqui o meu voto de pesar a toda a família do ex-senador e que Deus possa confortar o coração de todos”, frisou o presidente Adriano Galdino.

Deputados  – Camila Toscano destacou a atuação política de Ivandro, natural de Guarabira, e disse que seu legado ficará como exemplo para os homens e mulheres públicas da Paraíba.
“Recebemos a notícia da morte do ex-senador Ivandro Cunha Lima com muita tristeza. Nascido na nossa Guarabira, Ivandro era um homem público honrado e fiel aos seus princípios e seu legado ficará como exemplo para todos nós. Deixo meu abraço e pesar a todos os familiares e ao amigo e prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima, por essa perda tão sentida”, destacou Camila.

O deputado estadual Tovar Correia Lima (PSDB) lamentou neste sábado (28), a morte do ex-senador Ivandro Cunha Lima, ocorrido em Campina Grande. Para Tovar, Ivandro era exemplo de honradez e integridade, principalmente na política da Paraíba.

“É com muito pesar que recebemos a notícia do falecimento do ex-senador Ivandro Cunha Lima. Um homem que era exemplo e referência para todos os homens públicos do nosso país, sobretudo da Paraíba. Deixo o meu mais profundo pesar a todos os familiares e ao amigo e prefeito Bruno Cunha Lima”, destacou Tovar.

O deputado estadual Jutay Meneses (Republicanos) comentou a morte do ex-senador paraibano, Para ele, Ivandro reunia bondade e correção na política, sendo ainda um exemplo de homem que valorizava a família e suas raízes.“Ivandro sempre foi sinônimo de um homem correto e justo. Na política, era conhecido por essa postura sensata e serena. Fora dela, era um homem que honrava a Deus e a sua família. Um homem que sempre demonstrou apreço por sua história e pelas raízes do nosso povo”, afirmou.

Compartilhe: