Prêmio do Esporte Paraibano homenageia atletas, técnicos e dirigentes

O Governo da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado da Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), promoveu, nessa segunda-feira (18), no Teatro Paulo Pontes, em João Pessoa, o Prêmio do Esporte Paraibano. A solenidade homenageou atletas, técnicos e dirigentes que foram destaque, em 2023, nas competições regionais, nacionais e internacionais. Na ocasião, houve uma apresentação de breaking, estilo de dança incluído entre as modalidades olímpicas e que já está inserido nos Jogos de Paris 2024.

O evento foi o último do calendário da Sejel, que contou, ao longo do ano, com dez eventos de grande porte realizados, atingindo quase todos os 223 municípios do estado. Também foram homenageados integrantes da gestão estadual que, de forma conjunta, contribuíram para o sucesso do esporte paraibano, que ampliou o quantitativo de programas e projetos, beneficiando o segmento.

Em 2023, a Sejel organizou os Jogos Escolares e Paraescolares, Jogos Indígenas, Jogos das Reeducandas, Jogos Mirins, Jogos dos Ciganos, Jogos Paralímpicos, Torneio de Futebol Feminino Margarida Maria Alves e trouxe para João Pessoa as principais etapas do Circuito Aberto de Vôlei de Praia, Circuito Top-12, Circuito Sub-21 e Circuito Mundial.



“É um momento para celebrar as conquistas que esses paraibanos conseguiram, com muito empenho e determinação, neste ano de 2023. Foram inúmeras medalhas nos eventos que participaram e o Governo do Estado contribuindo significativamente. Desta forma, o esporte na Paraíba e também o paradesporto cresceram bastante e, por isso, estão sendo premiados nesta linda festa”, frisou o Executivo de Esporte e Lazer, Harlen Vilarim.

O secretário da Sejel, Lindolfo Pires, enfatizou o respeito que a Paraíba possui no segmento quando vai aos grandes centros do país. “Quando vamos aos mais longínquos recantos, temos a certeza de que o estado é um potencial incrível na área do esporte. Podem ter certeza de que há um respeito tremendo com a Paraíba pela força e pela capacidade dos atletas e paratletas e por isso a importância dos Jogos Escolares e Paraescolares que é onde começa tudo, ou seja, é de onde vem a formação”, destacou.

O bicampeão parapan-americano em Santigado, no Chile, Petrúcio Ferreira, enfatizou o reconhecimento do Governo do Estado. “Sem dúvida é motivo de parabenizar essa atitude em premiar quem esteve honrando o nome da Paraíba nas competições em 2023, pois foram muitos treinos para chegar até o resultado e poder comemorar”, reforçou Petrúcio, considerado o atleta paralímpico mais rápido do mundo.