Primeira-dama prestigia Natal do Centro de Atendimento ao Autista

A primeira-dama do Estado, Ana Maria Lins, participou, na manhã desta segunda-feira (17), da festa de Natal das crianças atendidas no Centro de Atendimento ao Autista (CAA). A entidade, localizada no bairro do Cristo Redentor, em João Pessoa, e custeada com recursos do Governo da Paraíba, oferece serviço multidisciplinar a mais de 400 crianças com Transtorno do Espectro Autista (TEA). A secretária de Estado do Desenvolvimento Humano, Pollyanna Dutra, e a presidente da Fundação de Apoio à Pessoa com Deficiência (Funad), Simone Jordão, também prestigiaram o evento.

O Natal das crianças e pais atendidos no CAA contou com apresentação de coral — momento de superação para crianças que não tinham condições mínimas de interação até bem pouco tempo — e com a tradicional entrega de presentes com a participação do Papai Noel.

Para Ana Maria Lins, espaços humanizados como o CAA demonstram a importância das políticas de inclusão do Governo do Estado. "Quando a gente pensa no Transtorno do Espectro Autista, vem logo à mente a demanda crescente. E os pais e os autistas poderem contar com um espaço como este, humanizado e com pessoas habilitadas e, principalmente, comprometidas com a causa, nos dão a certeza de que estamos no caminho certo, que é oferecer cada vez mais qualidade de vida a essas crianças e a esses pais", ressaltou.



Opinião compartilhada também pela secretária Pollyanna Dutra. "Este é um momento bem especial, em que se veem claramente os resultados de uma política de inclusão que vem sendo impulsionada pelo governador João Azevêdo e pela primeira-dama Ana Maria Lins, com toda a sensibilidade que lhes é característica. A evolução dessas crianças nos deixa — nós da Secretaria de Desenvolvimento Humano — muito orgulhosos", comentou.

Por sua vez, a presidente da Funad, Simone Jordão, destacou que espaços como CAA representam um fortalecimento do trabalho já realizado pela Fundação. "A Funad tem uma grande demanda, e esses espaços são muitos importantes para que essa procura seja atendida. Aqui temos um atendimento humanizado para as crianças, mas também para os pais delas, que precisam de apoio para lidar com o Transtorno do Espectro Autista", disse.

A presidente da Missão Resgate, que mantém o CAA, Valquíria Uchôa, agradeceu a visita da primeira-dama ao espaço e destacou a importância do convênio firmado com o Governo da Paraíba. "Nós nos mantemos, exclusivamente, graças a essa parceria com o Governo da Paraíba. Com isso, temos a oportunidade de atender e abençoar 400 famílias", observou.

Atendimento humanizado — Inaugurado pelo Governo da Paraíba em novembro de 2020, o Centro de Atendimento ao Autista de João Pessoa atende a 400 crianças, oferecendo um serviço humanizado por meio de uma equipe multidisciplinar — com psicologia, serviço social, nutrição, terapia ocupacional, educação física e fonoaudiologia.

Apenas neste ano, foram realizados 23,8 mil atendimentos. Com resultados de valor inestimável — como a participação em um coral de uma criança que até há bem pouco tempo sequer interagia com os pais.



Esse é o caso da dona de casa Patrícia Roberta da Conceição, mãe de Pedro Henrique, de seis anos. "Não acreditava que meu filho um dia fosse participar de um coral, já que nem comigo ele interagia. Estou feliz demais por ver que meu esforço tem valido a pena", concluiu a moradora do município de Pedras de Fogo.