Projeto Escola na Câmara recebe número recorde de alunos, na CMJP
23 de agosto de 2023
Redação

Quase cem alunos do 4º ano do Colégio Evolução encheram o plenário e as galerias da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) e aprenderam um pouco mais sobre o Legislativo Municipal na manhã desta quarta-feira (23). O colégio participou do Projeto Escola na Câmara, desenvolvido pela CMJP por meio da Escola do Legislativo Professor Celso Furtado em parceria com o Centro Cultural da Casa.

Os alunos foram recepcionados pelo vereador Bruno Farias (Cidadania) e assistiram a uma palestra sobre os três poderes, o Poder Legislativo Municipal e o papel do vereador, ministrada pelo o diretor da Escola do Legislativo, Paulo Eduardo de Sá Barreto. Em seguida, conheceram as exposições e o acervo do Centro Cultural da Casa.

“Fiquei muito feliz em poder abrir as portas da Câmara, através da Escola Legislativa, para receber quase cem alunos do Colégio Evolução. Fiquei impressionado com o conhecimento e compromisso de cidadania de cada um dos alunos e alunas. É muito importante desde cedo despertar no coração, na mente e na alma de nossos alunos e alunas a importância de participarem ativamente de nossa cidade, seja criando neles a expectativa de um dia serem também representantes da população, seja formando a consciência e o caráter para que possam cobrar dos nossos representantes ações que visem melhorar nossa cidade. Portanto, foi um dia que meu coração saiu cheio de alegria e esperança no futuro”, declarou Bruno Farias.

Quatro estudantes leram cartas com reivindicações para a cidade trabalhadas e discutidas em sala de aula. “Esse conteúdo faz parte da base curricular, nós resolvemos fazer essa parceria com a CMJP para ser mais significativo para a criança, porque sai do livro e traz a criança para a Câmara para que ela tenha a vivência. A ideia de vivenciar com a criança junto à Câmara é para que ela tenha a oportunidade de se sentir e se posicionar realmente como cidadã”, afirmou.

Bianca Paiva, de nove anos, leu na tribuna do plenário uma das cartas com as reivindicações discutidas em sala de aula. “Está sendo um momento muito legal, estou me sentindo meio como uma vereadora. É mais fácil aprender assim, porque a gente participa e vê como é o que estão nos ensinando”, destacou Bianca, salientando que já tinha estado na Câmara, mas não com a experiência da palestra.

“Foi muito bom, fui aluno dessa escola quando tinha outro nome ainda na educação infantil. Muito bom ver que eles continuam com esse trabalho, que tiveram a grandiosidade de trazer os alunos aqui, com uma dificuldade grande, pois foram muitos alunos, nosso recorde. Muitas escolas têm dificuldades de trazer seus alunos e quando uma consegue dessa forma é mais do que obrigação do serviço público acolhê-los”, enfatizou diretor da Escola do Legislativo, Paulo Eduardo.

Compartilhe: