PT e PMDB fecham aliança e esperam PMDB
25 de junho de 2014
Redação

O governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), recebeu no fim da tarde desta quarta-feira o apoio do Partido dos Trabalhadores à sua reeleição já no primeiro turno. A articulação foi feita nas últimas 24 horas e surpreendeu diversas lideranças políticas do Estado.

O anúncio foi feito no Hotel Imperial, na Praia de Tambaú, na orla da Capital. Estavam presentes o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, e do presidente estadual do PSB, Edvaldo Rosas. “Vamos colocar os outros candidatos para correr”, disparou o governador sem esconder o entusiasmo com a adesão petista.

Ricardo confirmou que o presidente municipal do PT, Lucélio Cartaxo será seu candidato ao Senado Federal.
“Onde tiver o nome de Ricardo tem que ter Lucélio. Vamos percorrer a Paraíba. Vamos vencer”, afirmou Coutinho ao lado de Lucélio.

O governador acrescentou que aguarda a decisão do PMDB, para quem estaria guardada a vaga de vice em sua chapa.
“Estamos somando forças em função de um projeto. A Paraíba tem dois caminhos: um de seguir adiante promovendo as reformas que queremos fazer ou o caminho do retrocesso, de uma política que não deixou nada de concreto seja em postura ou em obras. É essa política representada pelo nosso adversário e decidimos unir forças com o PT. Começamos a conversar e o PMDB está incluído nisso. Quero reafirmar minha disposição do PMDB compor conosco porque acreditamos que ele tem mais a ver conosco do que com os que estão contra nós. Hoje inaugurei um hospital que foi começado no governo de Maranhão, parado no governo de Cássio e foi concluído agora, por nossa gestão”, disse Ricardo Coutinho.

Compartilhe: