Ricardo Barros é nomeado defensor público geral

Foi publicada na edição desta quinta-feira (3) do Diário Oficial do Estado da Paraíba (DOEPB) a portaria 121, que nomeia o defensor público Ricardo José Costa Souza Barros para o cargo de defensor público geral (DPG) da Paraíba no biênio 2019/2020. O ato foi assinado pelo novo governador da Paraíba, João Azevêdo Lins Filho.



Ricardo Barros é o atual subdefensor público-geral da Paraíba e foi o segundo mais votado na eleição para a formação da lista tríplice, realizada no dia 14 de dezembro de 2018, com 124 votos.



Na carreira há 32 anos, ele é o único defensor público a participar das quatro formações do Conselho Superior da Defensoria Pública da Paraíba, tendo sido eleito como membro nas duas primeiras e ocupante da vaga destinada ao presidente da Associação Paraibana dos Defensores Públicos (APDP) na terceira formação. Na atual formação do Conselho é membro integrante como subdefensor público-geral da Paraíba.



Ricardo Barros, inclusive, foi o primeiro subdefensor nomeado por livre escolha do defensor público-geral. Ele assumiu a vaga em maio de 2018, nomeado pela então DPG Madalena Abrantes, após renúncia do cargo do seu antecessor. Respondeu também pela vice-presidência e presidência da Associação Paraibana dos Defensores Públicos (APDP).



FORMAÇÃO - Além do curso de Direito, o novo defensor geral também é formado em Administração de Empresas e possui dois cursos de aprimoramento em Processo Penal ministrado pela Escola Superior da Magistratura (Esma). Exerceu, ainda, o cargo de secretário geral do Tribunal de Ética e Disciplina da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).