Rômulo atuou na defesa do Laureano

A direção do Hospital Napoleão Laureano lamentou o falecimento do deputado federal Rômulo Gouveia, que morreu vítima de um infarto na madrugada do último domingo (13). O presidente da instituição filantrópica, o médico Antônio Carneiro Arnaud, falou da atuação importante que Rômulo teve junto ao hospital.

“Rômulo Gouveia foi um político que olhava para os mais necessitados. Foi alguém que sempre enxergou, sentiu e ajudou nas causas das pessoas com câncer. Aqui no Napoleão Laureano ele sempre lutou para conquistar recursos e emendas. A menos de um mês conseguimos inaugurar espaços que foram conquistados graças às emendas que ele destinava ao hospital. Sentimos a perda não só por isso, mas pelo ser humano incrível que ele era e por representar tão bem os paraibanos em todos os cargos que ocupou”, disse.

Carneiro Arnaud desejou força aos familiares e amigos. “O desejo de todos que fazem o Hospital Napoleão Laureano é para que a família e os amigos sejam fortes para superar este momento de dor que acomete todos nós. Que o nosso, para sempre representante, seja acolhido nos braços no Pai, assim como ele acolheu a todos os paraibanos”, comentou.

Rômulo Gouveia tinha 53 anos e atuou como deputado estadual, vice-governador e atualmente estava em seu segundo mandato como deputado federal. Além disso, era também o presidente estadual do PSD na Paraíba.