Salão do Artesanato alcança mais de R$ 1 milhão em vendas, na edição de Campina

O Salão de Artesanato Paraibano registrou um total de R$ 1.090.719,46 de faturamento em sua 34ª edição, que teve seu encerramento neste domingo (3) em Campina Grande. Atraindo paraibanos e turistas que visitavam a Rainha da Borborema, o salão foi parada obrigatória para quem passou pela cidade para prestigiar o Maior São João do Mundo.

O evento contou com cerca de 400 expositores representando as diferentes tipologias de artesanato no estado, valorizando a história e a cultura paraibana. "Hoje acredito que o artesanato paraibano tem seu lugar de destaque no cenário brasileiro", frisou o gestor de artesanato do Sebrae na Paraíba, Jucieux Palmeira, que deu destaque também à arrecadação de alimentos alcançada pelo salão: ao todo, foram 1585 kg de alimentos não perecíveis doados para instituições filantrópicas.

Já a gestora do Programa do Artesanato Paraibano (PAP), Marielza Rodriguez, destacou que o sentimento é de dever cumprido e de muita gratidão a todos os parceiros, principalmente ao próprio artesão pela confiança depositada no trabalho. "Alcançamos a meta de negócios gerados no evento e muitas perspectivas positivas para o futuro. Campina Grande está deixando saudades para o artesanato paraibano”, disse.

Sebrae 50+50 - Em 2022, o Sebrae celebra 50 anos de existência, com atividades em torno do tema “Criar o futuro é fazer história”. Denominado Projeto Sebrae 50+50, a iniciativa enfatiza os três pilares de atuação da instituição: promover a cultura empreendedora, aprimorar a gestão empresarial e desenvolver um ambiente de negócios saudável e inovador para os pequenos negócios no Brasil. Passado, presente e futuro estão em foco, mostrando a evolução desde a fundação em 1972 até os dias de hoje, com um olhar também para os novos desafios que virão para o empreendedorismo no país.