Tovar defende inserção do iogurte de leite de cabra na merenda escolar
25 de setembro de 2023
Redação

O deputado estadual Tovar Correia Lima (PSDB) defendeu na quarta-feira passada (20), durante sessão itinerante da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), realizada na Expofeira Paraíba Agronegócios 2023, a inclusão do iogurte de leite de cabra na merenda escolar como forma de fortalecer a produção na Paraíba, sobretudo na região do Cariri. Para o deputado essa é uma forma de socorrer os pequenos produtores locais que dependem da venda do leite para sobreviver.

“Deixo aqui a sugestão de incluir o iogurte de leite de cabra na merenda escolar da região do Cariri. E faço isso olhando para o eixo dos produtores de leite de lá. Essa é uma das regiões mais pobres do nosso estado e sendo assim, a saída pra esses homens e mulheres é a produção de leite. Se for incluído o iogurte e toda criança conseguir consumir, serão 20 mil litros de leite por semana e 80 mil ao mês. Isso fará a cadeia produtiva e a engrenagem financeira daquela região voltar a funcionar e crescer”, destacou o deputado.

O parlamentar também fez a defesa da inclusão do abacaxi na merenda escolar na Paraíba. “Nosso estado tem uma cultura muito forte do abacaxi e precisamos incentivar a sua produção. Esse é um importante item a ser incluído também na merenda das nossas crianças nas escolas”, disse.

Tovar também fez um alerta ao Governo do Estado sobre a volta do fenômeno climático El Niño. Segundo ele, é preciso se antecipar e propôs discussões com órgãos do Governo Federal, do Governo do Estado da Paraíba, Poder Legislativo pesquisados, instituições de ensino e organizações sociais para discutir medidas e alternativas para convivência com a seca.

“Precisamos debater este tema e saber se corremos o risco de mais um período de estiagem. A nossa Paraíba foi devastada com a última grande seca que se estendeu de 2012 a 2018. Perdemos todas as lavouras, nosso rebanho foi quase que extinto e os paraibanos tiveram dificuldades para colocar comida no prato e até ter água para utilizar no básico. É preciso que o Governo do Estado esteja preparado para socorrer os paraibanos”, disse Tovar.

Compartilhe: