Veneziano chefia comitiva em conferência na Rússia
4 de outubro de 2023
Redação

O vice-presidente do Senado Federal, senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB-PB) chefiou a comitiva brasileira composta por senadores e deputados federais na Conferência Parlamentar Internacional “Rússia – América Latina”, realizada em Moscou, capital da Rússia, por iniciativa da Duma Estatal da Assembleia Federal da Federação da Rússia (Câmara dos Deputados) e do Conselho Federal (similar ao nosso Senado Federal). O evento foi aberto no último dia 29 de setembro e prosseguiu até esta segunda-feira (02).

Na oportunidade, Veneziano lembrou que, agora, o Brasil volta ao cenário internacional buscando retornar aquilo que sempre soube fazer: a boa relação com o mundo. “Retornamos uma reconhecida diplomacia mundial do debate, do respeito à integridade de todos os parceiros das nações, que vise fortalecer suas economias reciprocamente”, disse.

Na abertura dos trabalhos legislativos, o vice-presidente do Senado Veneziano Vital e o senador Irajá, que é presidente da Frente Parlamentar de Relacionamento com o Brics, foram recebidos pelo embaixador brasileiro na Rússia, Rodrigo Baena. Veneziano e Irajá debateram, junto com os legisladores russos, uma ampla variedade de cooperações entre a Rússia e os países da América Latina e Caribe, com foco no desenvolvimento de laços econômicos e humanitários.

Em seguida, Veneziano, como chefe da comitiva, foi recebido pelo presidente da Duma, Vyacheslav Volodin. A conferência debateu temas como o papel da diplomacia parlamentar; a posição dos parlamentos sobre a segurança; cooperação econômica equitativa e mutualmente benéfica e o desenvolvimento dos laços humanitários entre a Rússia e a América Latina.

“Nós concluímos a missão para a qual fomos designados para representar o Senado e presidir a delegação brasileira na 1ª Conferência Parlamentar Internacional Rússia – América Latina. O Brasil, nessa nova quadra diplomática com o presidente Lula, tem reaberto tratativas com países com os quais tinha perdido certos relacionamentos, havendo o esgarçamento em alguns casos. Agora o Brasil volta ao cenário internacional buscando retornar aquilo que sempre soube fazer, uma reconhecida diplomacia mundial do debate, do respeito à integridade de todos parceiros das nações, fortalecendo suas economias reciprocamente. Essa conferencia representou um novo momento da nossa chancelaria”, afirmou Veneziano, na condição de chefe da comitiva.

Para o presidente da Duma, Vyacheslav Volodin, foi um prazer receber a comitiva brasileira chefiada por Veneziano. “Muito importante a intensificar a cooperação parlamentar entre a Rússia e os países da América Latina e Caribe, aumentando o papel dos parlamentos no fortalecimento da economia, onde estamos desenvolvendo uma parceria mutualmente benéfica entre nossos países, com abordagens comuns para a regulamentação legal de várias esferas”, disse Volodin.

Compartilhe: